A GERAÇÃO BOÊMIA: MILITÂNCIA ARTÍSTICA, ATIVIDADE POLÍTICA E VIDA LITERÁRIA / The bohemian generation: artistic militancy, political activity and literary life

Suzane Morais da Veiga Silveira

Resumo


No contexto do final do século XIX, no período de início da belle époque, quando a elite carioca da época procurava assemelhar-se a um modo de vida burguês, um grupo de jovens escritores se uniu em nome de um ideal de fraternidade e rebeldia, sendo reconhecidos como “os boêmios”. Ligados por laços éticos de um idealismo combativo e marginal, esses autores tiveram uma relação ambígua com a imprensa, pois buscaram realizar uma prática de escrita conscientizadora aliada a uma literatura engajada. Este artigo tem por objetivo demonstrar como a boemia foi fundamental no processo de desenvolvimento de uma militância literária e política que culminou na consolidação do próprio campo intelectual do período, bem como na construção da Academia Brasileira de Letras, em 1897. A metodologia empregada consiste no levantamento histórico e crítico da geração boêmia da década de 1880, tendo como embasamento teórico pesquisadores de relevo da área, como Needell (1993), Sevcenko (2003), Broca (1991) e Tuzino (2012). Como resultado da pesquisa, verificamos que a reivindicação de pautas sociais por meio da arte impregnou a imaginação literária e a atividade jornalística de escritores brasileiros, como os boêmios, nos anos anteriores à proclamação da República, com a esperança de que o novo regime trouxesse melhorias para a sociedade. Porém, depois de estabelecida a gestão federalista, mantiveram-se as mesmas estruturas sociais e os opositores ao governo foram presos ou exilados.


Palavras-chave


Belle époque; boemia; vida literária.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/pr.2020.51218

Pensares em Revista no Diadorim Pensares em Revista na BASE Pensares em Revista no Diadorim Pensares em Revista no Google Scholar Pensares em Revista no Latindex Pensares em Revista no Livre Logo do Periódicos CAPES

 

R. Dr. Francisco Portela, 1470 - Patronato, São Gonçalo - RJ, CEP: 24435-005