O MAL-ESTAR DE ISAÍAS: A CRISE DO ROMANCE EM LIMA BARRETO

Carmem Lúcia Negreiros de FIGUEIREDO

Resumo


Resumo:

O artigo analisa o romance Recordações do escrivão Isaías Caminha (1907), de Lima Barreto (1881-1922), que anuncia a crise na capacidade de narrar, a partir da suspeita sobre a linguagem, com temporalidade complexa e questionamento da noção de subjetividade. O romance apresenta profunda crítica à ideia da essência lógica e racional de sujeito e de uma escrita capaz de transcrevê-la.

Palavras-chave: Lima Barreto. Romance. Crise.

Abstract:

The article analyzes the novel Recordações do escrivão Isaías Caminha, written by Lima Barreto (1881-1920), which announces the crisis in the ability to narrate by means of suspicion about language, with complex temporality and the questioning of the notion of subjectivity. The novel presents a profound criticism to the idea of the logical and rational essence of subject and of writing as incapable of transcribing it.

Keywords: Lima Barreto. Novel. Crisis.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/pr.2012.4801

Pensares em Revista no Diadorim Pensares em Revista na BASE Pensares em Revista no Diadorim Pensares em Revista no Google Scholar Pensares em Revista no Latindex Pensares em Revista no Livre Logo do Periódicos CAPES

 

R. Dr. Francisco Portela, 1470 - Patronato, São Gonçalo - RJ, CEP: 24435-005