DA PALAVRA AO TRAÇO, DA VIDA À MORTE, DA NÃO CONCESSÃO À EXPERIÊNCIA: INÊS E A POSSIBILIDADE DE ENCONTRO ÉTICO E ESTÉTICO NO LIVRO ILUSTRADO

Cristiane Rogério Carvalho

Resumo


O presente artigo visa refletir sobre o papel do texto e da imagem no livro ilustrado como forma de narrativa em conjunto, em um projeto gráfico que propõe e fomenta este diálogo. A autora se apropria do livro Inês, de Roger Mello e Mariana Massarani, para evidenciar esta saudável costura de palavra, imagem e objeto-livro como defesa do direito à literatura, às narrativas da tradição, às possibilidades gráficas de qualidade, bem como o não cerceamento de temas ou formas de narrativa por conta de interpretações que limitem a potência da história em nome de algum tipo de superproteção ao jovem leitor.

Palavras-chave


Literatura Infantil; Livro Ilustrado; Narrativas Tradicionais; Histórias Portuguesas; Projeto Gráfico

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/pr.2016.30994

Pensares em Revista no Diadorim Pensares em Revista na BASE Pensares em Revista no Diadorim Pensares em Revista no Google Scholar Pensares em Revista no Latindex Pensares em Revista no Livre Logo do Periódicos CAPES

 

R. Dr. Francisco Portela, 1470 - Patronato, São Gonçalo - RJ, CEP: 24435-005