A PEDRA, O SAPO E O LIVRO PARA CRIANÇAS

Miguel Carvalho

Resumo


A linguagem é o miolo da discussão colocada nesse artigo. Ou, a reflexão crítica dela. Que é também a motivação da escrita desse texto e o propósito da criação para a literatura infantil. A linguagem não é propriamente acadêmica, mas o tratamento e o cuidado são tão sérios quanto cobrados. Os autores tratados basicamente são de dois tipo: os de reflexões mais teóricas - Constantino Bértolo e Octávio Paz - e dois com reflexões poéticas: Manoel de Barros e Guimarães Rosa. Outros também temperam o texto, mas pouco.


Palavras-chave


Livro Infantil; Poesia; Linguagem; Reflexão Crítica

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/pr.2016.30993

Pensares em Revista no Diadorim Pensares em Revista na BASE Pensares em Revista no Diadorim Pensares em Revista no Google Scholar Pensares em Revista no Latindex Pensares em Revista no Livre Logo do Periódicos CAPES

 

R. Dr. Francisco Portela, 1470 - Patronato, São Gonçalo - RJ, CEP: 24435-005