CONTRIBUIÇÕES DO ESTUDO DESCRITIVO PARA O ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA: O VERBO PERDER

Liliane Alves Santana Malacoski, Keila Mara Schneider, Aucione das Dores Smarsaro

Resumo


Este artigo tem como objetivo apresentar uma discussão a respeito da importância de estudos descritivos de verbos para o ensino de Língua Portuguesa. Conforme o contexto de uso em que o verbo perder está inserido ele pode funcionar como o núcleo da predicação, ou como componente de uma sequência fixa, ou como verbo-suporte. As análises das estruturas com o verbo perder são feitas com base no modelo teórico-metodológico do Léxico-Gramática, postulado pelo linguista francês Maurice Gross (1975), que define critérios sintáticos formais para a descrição lexical em contextos linguísticos. O principal objetivo dessa análise é mostrar a importância da descrição lexical para o ensino de Língua Portuguesa. A partir das análises e da descrição verbal, concluímos que o verbo perder é muito produtivo como verbo suporte, e também como componente de expressão fixa. Essas noções não são colocadas nos manuais didáticos ou gramáticas tradicionais. A descrição lexical pode contribuir para um melhor ensino de língua portuguesa, uma vez que o professor, com posse desse estudo descritivo, poderá explorar melhor as noções lexicais, tendo em vista a correlação entre morfologia, sintaxe e semântica, além de despertar o interesse do aluno para as várias manifestações de produção de sentido do léxico, propondo reflexões sobre o funcionamento da língua.

 


Palavras-chave


Léxico; verbo perder; ensino; descrição

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/pr.2016.30580

Pensares em Revista no Diadorim Pensares em Revista na BASE Pensares em Revista no Diadorim Pensares em Revista no Google Scholar Pensares em Revista no Latindex Pensares em Revista no Livre Logo do Periódicos CAPES

 

R. Dr. Francisco Portela, 1470 - Patronato, São Gonçalo - RJ, CEP: 24435-005