EXPERIÊNCIAS DA EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA NA PANDEMIA DE COVID-19 NAS MÍDIAS SOCIAIS

Mercedes Neto, Vitória Axt Gomes da Silva, Rosana Azevedo Bastos da Silva, Mary Hellem Silva Fonseca, Andreza Cristina Silva de Oliveira, Ricardo de Mattos Russo Rafael

Resumo


A pandemia de COVID-19 se instala como uma crise sanitária mundial com demandas específicas e diversas, e neste contexto, a informação em saúde se fez cogente. A universidade, dentre os seus pilares de ação, tem a extensão como meio de integração do conhecimento científico produzido com a sociedade, promovendo a divulgação e acesso à população. Para tanto, o presente artigo tem como objetivo relatar a experiência universitária como estratégia no enfrentamento da pandemia de COVID-19. Para operacionalizar esta ação, foram organizadas 15 LIVE sob temáticas advindas da comunidade acadêmica, que foram realizadas uma vez por semana. Os debates disponíveis no Instagram compreendem o formato entrevista e permeia diversas áreas do conhecimento que borram a pandemia da COVID-19. Foram em média 165 acessos até a finalização do período de LIVE, e cada produto técnico produzido integrou discentes, docentes, pesquisadores e a população em geral. Destarte, deve-se compreender que estas entrevistas possuem informações atuais e pertinentes ao contexto atual que por meio dos compartilhamentos, continuam a ser fontes de acesso a informação segura a toda a população. Isto é, a extensão universitária foi uma estratégia de enfrentamento desta pandemia, mas também exerceu sua função na formação de discentes e de integração com a comunidade.


Palavras-chave


Infecções por Coronavírus; Epidemiologia; Enfermagem; Mídias Sociais; Extensão Universitária

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/interag.2020.55386

ISSN: 1519-8847 | E-ISSN: 2236-4447
Depext-SR3/UERJ