Educação em Saúde: uma experiência, uma comprovação

Luiz Eduardo de Almeida, Marília Nalon Pereira, Werônica Jaenervay Silveira

Resumo


Após o levantamento epidemiológico em 245 crianças, com idade entre 4 e 6 anos, da Escola Municipal Santana Itatiaia, Juiz de Fora (MG) verificou-se altos índices de placa bacteriana, presença de lesões cariosas e doença periodontal. Objetivando a paralisação, a regressão e a prevenção das referidas doenças, foi empregada na referida escola um programa de EDUCAÇÃO EM SAÚDE, cuja metodologia focou não apenas o aprendizado, mas, principalmente a apreensão e a capacidade de os aprendizes se tornarem carreadores de conhecimentos. Para tanto, desenvolveram-se 13 atividades lúdicas, durante 8 meses, apoiadas na psicomotricidade. Pode-se concluir com este trabalho que o Projeto de Extensão Escova-Ação através de suas estratégias educativas e motivacionais simples, de baixo custo, alcançou seus objetivos.


Palavras-chave


Saúde, Ensino, Apreensão, Psicomotricidade

Texto completo:

PDF


ISSN: 1519-8847 | E-ISSN: 2236-4447
Depext-SR3/UERJ