Interações medicamentosas em prescrições de idosos hipertensos: prevalência e significância clínica [Drug interactions in prescriptions for elderly hypertensive patients: prevalence and clinical significance]

Natália Balera Ferreira Pinto, Liliana Batista Vieira, Fernanda Maria Vieira Pereira, Adriano Max Moreira Reis, Silvia Helena De Bortoli Cassiani

Resumo


O objetivo deste estudo foi analisar a prevalência e significância clínica de interações medicamentosas identificadasnas prescrições de pacientes idosos hipertensos. Trata-se de um estudo descritivo, realizado na Unidade Básica de SaúdeDom Mielle da cidade de Ribeirão Preto, Estado de São Paulo, de julho a dezembro de 2011. As interações foram identificadasempregando o software Drug-Reax® da Micromedex e classificadas quanto à gravidade, documentação e tempo deinício. Utilizou-se o software SAS®9.0 para análise estatística descritiva. Dos 40 pacientes do estudo, 65% eram mulherese a mediana de idade foi 71 anos (DP=5,9). A média de medicamentos prescritos por paciente foi de 7,5 (DP=2,8). Todosapresentaram, no mínimo, uma interação medicamentosa. Do total de 169 interações identificadas, 17,1% eram graves.A ocorrência de interações medicamentosas foi elevada nos pacientes investigados. A equipe de saúde deve identificar asinterações de significância clínica e implementar medidas para a sua prevenção e monitorização.

 

ABSTRACT

This study examined the prevalence and clinical significance of drug interactions identified in prescriptions ofelderly hypertensive patients. This descriptive study was conducted at the Dom Mielle Primary Health Care Unit in RibeirãoPreto, São Paulo State, from July to December 2011. Interactions were identified using Drug-Reax® Micromedex softwareand classified by severity, time of onset and documentation. SAS®9.0 software was used for descriptive statistics. Of the 40patients studied, 65.0% were women and the median age was 71.0 (SD = 5.9) years. The average number of drugs prescribedper patient was 7.5 (SD = 2.8); all patients had at least one drug interaction. Of the 169 interactions identified, 17.1% weresevere. The occurrence of drug interactions was high in the patients studied. Healthcare teams must identify drug interactionsof clinical significance and implement measures to prevent and monitor them.

 

RESUMEN

El objetivo del estudio fue analizar la prevalencia y relevancia clínica de interacciones de drogas identificadasen las prescripciones de pacientes ancianos con hipertensión. Se trata de un estudio descriptivo, realizado en la UnidadBásica de Salud Dom Mielle en la ciudad de Ribeirão Preto, Estado de São Paulo – Brasil, de julio a diciembre de 2011.Las interacciones se identificaron usando el software Drug-Reax® Micromedex y clasificados por la gravedad, el tiempo deinicio y la documentación. Se utilizó el software SAS®9.0 para estadístico descriptivo. De los 40 pacientes estudiados, 65%eran mujeres y la edad mediana fue de 71,0 (SD=5,9) años. El número promedio de medicamentos prescritos por pacientefue de 7,5 (SD=2,8). Todos tenían, al menos, una interacción medicamentosa. Del total de 169 interacciones, 17,1% fuerongraves. La aparición de las interacciones de drogas fue alta en los pacientes investigados. El equipo de salud debe identificarlas interacciones farmacológicas de importancia clínica y aplicar medidas para su prevención y control.

DOI: http://dx.doi.org/10.12957/reuerj.2014.7111


Palavras-chave


Interações de medicamentos; idoso; hipertensão; atenção primária à saúde [Drug interactions; older adults; hypertension; primary health care] [Interacciones de drogas; anciano; hipertensión; atención primaria a la salud]

Texto completo:

PDF(por) HTML(eng)


DOI: https://doi.org/10.12957/reuerj.2014.7111

Direitos autorais 2015 Natália Balera Ferreira Pinto, Liliana Batista Vieira, Fernanda Maria Vieira Pereira, Adriano Max Moreira Reis, Silvia Helena De Bortoli Cassiani

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.