Alimentação do Idoso Indígena sob a Ótica da Enfermagem Transcultural

Júlia de Cássia Miguel Vieira, Márcia Carréra Campos Leal, Ana Paula de Oliveira Marques, Danielle Lopes de Alencar

Resumo


A alimentação é considerada fator essencial para manutenção da saúde dos indivíduos, permeada por contextos culturais específicos. Objetivo: avaliar o contexto cultural da alimentação do idoso indígena. Metodologia: estudo descritivo, transversal, quantitativo, realizado na Casa de Saúde do Índio, Manaus-Amazonas, de novembro de 2012 a janeiro de 2013, 30 idosos participantes, utilizando instrumento estruturado com perguntas abertas e fechadas. Para análise dos dados realizou-se estatística descritiva com Software Estatístico Livre R, embasada pela Teoria do Cuidado Cultural proposto por Leininger. Resultados: Na CASAI os alimentos oferecidos são bem aceitos, porém apresentam-se parcialmente diferentes daqueles consumidos na aldeia, podendo relacionar-se à diminuição do apetite após internação, evidenciado pelo quadro de desnutrição. No contexto cultural alimentar, os resultados demonstram as novas conformações acerca da visão de mundo e das dimensões das estruturas social e cultural. Conclusão: O contexto alimentar dos idosos está arraigado à sua cultura, porém com forte influência da globalização.


Palavras-chave


Idoso; população indígena; enfermagem transcultural; educação em saúde

Texto completo:

PDF(POR)


DOI: https://doi.org/10.12957/reuerj.2016.7057