Alimentação do Idoso Indígena sob a Ótica da Enfermagem Transcultural

Júlia de Cássia Miguel Vieira, Márcia Carréra Campos Leal, Ana Paula de Oliveira Marques, Danielle Lopes de Alencar

Resumo


A alimentação é considerada fator essencial para manutenção da saúde dos indivíduos, permeada por contextos culturais específicos. Objetivo: avaliar o contexto cultural da alimentação do idoso indígena. Metodologia: estudo descritivo, transversal, quantitativo, realizado na Casa de Saúde do Índio, Manaus-Amazonas, de novembro de 2012 a janeiro de 2013, 30 idosos participantes, utilizando instrumento estruturado com perguntas abertas e fechadas. Para análise dos dados realizou-se estatística descritiva com Software Estatístico Livre R, embasada pela Teoria do Cuidado Cultural proposto por Leininger. Resultados: Na CASAI os alimentos oferecidos são bem aceitos, porém apresentam-se parcialmente diferentes daqueles consumidos na aldeia, podendo relacionar-se à diminuição do apetite após internação, evidenciado pelo quadro de desnutrição. No contexto cultural alimentar, os resultados demonstram as novas conformações acerca da visão de mundo e das dimensões das estruturas social e cultural. Conclusão: O contexto alimentar dos idosos está arraigado à sua cultura, porém com forte influência da globalização.


Palavras-chave


Idoso; população indígena; enfermagem transcultural; educação em saúde

Texto completo:

PDF(POR)


DOI: https://doi.org/10.12957/reuerj.2016.7057

Direitos autorais 2016 Júlia de Cássia Miguel Vieira, Márcia Carréra Campos Leal, Ana Paula de Oliveira Marques, Danielle Lopes de Alencar

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.