Familiares vivenciando cuidados paliativos de crianças com câncer hospitalizadas: uma revisão integrativa

Cristineide dos Anjos, Rose Mary Costa Rosa Andrade Silva, Eliane Ramos Pereira, Carlos Eduardo Peres Sampaio, Marcos Andrade Silva, Eliane Cristina da Silva Pinto Carneiro

Resumo


Objetivos: analisar a produção do conhecimento sobre a experiência da família acerca dos cuidados paliativos da criança com câncer hospitalizada na unidade de terapia intensiva e discutir o papel da enfermagem no atendimento à família da criança com câncer frente aos cuidados paliativos. Método: revisão integrativa realizada na PUBMED, LILACS, SCOPUS, SCIELO e CINAHL entre janeiro e março de 2020. Resultados: a amostra foi composta por 13 artigos, originando duas categorias: O impacto do cuidado paliativo da criança com câncer na dinâmica familiar e o cuidado multiprofissional, em especial dos enfermeiros, à família da criança com câncer. Conclusão: os estudos revelaram o panorama nacional e internacional dos cuidados paliativos à criança com câncer e a desestruturação da dinâmica familiar nos aspectos físicos, sociais, psicológicos, e financeiros, caracterizando o período como estressante e doloroso. Os enfermeiros estabelecem condutas terapêuticas objetivando promover qualidade de vida para crianças em cuidados paliativos e seus familiares.


Palavras-chave


Criança; Família; Câncer; Cuidados Paliativos; Unidades de Terapia Intensiva.

Texto completo:

PDF(POR) PDF(ENG) (English)


DOI: https://doi.org/10.12957/reuerj.2021.51932