Assistência de enfermagem às mulheres em situação de violência sexual: revisão integrativa

Davydson Gouveia Santos, Evangelia Kotzias Atherino dos Santos, Marli Terezinha Stein Backes, Andréia Isabel Giacomozzi, Iris Elizabete Messa Gomes, Kalende das Misérias de Menezes Kalivala

Resumo


Objetivo: descrever a atuação do enfermeiro no atendimento às mulheres em situação de violência sexual a partir da literatura. Método: pesquisa bibliográfica na modalidade revisão integrativa da literatura, com busca dos estudos primários publicados entre 2015 a 2019, realizada em abril de 2020, em sete bases de dados, sendo selecionados e analisados 10 artigos. Resultados: da síntese das evidências, emergiram três categorias: assistência clínica medicamentosa, assistência clínica não-medicamentosa e falta de qualificação profissional, revelando insatisfação de algumas mulheres no atendimento. Conclusão: os estudos analisados descrevem com clareza a assistência de enfermagem prestada de imediato às mulheres pós agressão sexual, porém, não abordam a continuidade do processo, constituindo-se essa uma importante lacuna. A síntese de conhecimento produzido oferece subsídios valiosos para a melhoria da qualidade da assistência de enfermagem às mulheres em situação de violência e ratifica a importância dos seus resultados para fundamentar a prática clínica nesta área de estudo.


Palavras-chave


Enfermagem; Cuidados de Enfermagem; Violência contra a Mulher; Violência Sexual.



DOI: https://doi.org/10.12957/reuerj.2021.51107