Educar para humanizar: o papel transformador da educação permanente na humanização da atenção básica [Educating to humanize: the transformer role of permanent education in the primary care humanization] [Educar para humanizar: el papel transformador de la educación permanente en la humanización de la atención primaria]

Maria Tereza Soares Rezende Lopes, Célia Maria Gomes Labegalini, Vanessa Denardi Antoniassi Baldissera

Resumo


Objetivo: elaborar os preceitos teóricos das práticas de Educação Permanente em Saúde para a implantação e utilização dos dispositivos da Política Nacional de Humanização na atenção básica brasileira. Método: revisão realista da literatura do período de 2003 a 2016, norteada pela questão de estudo: Quais as práticas de Educação Permanente em Saúde têm sido utilizadas para a implantação e organização dos dispositivos da Política Nacional de Humanização no âmbito da atenção básica? Resultados: metodologias ativas de aprendizagem e grupalidade foram intervenções educativas relevantes para implantação e utilização dos dispositivos de humanização. A partir dessa evidência, foram identificadas duas teorias que explicitam os processos de educação permanente na atenção básica para a implantação e utilização destes dispositivos. Conclusão: as práticas de Educação Permanente são importantes para a implantação e organização dos referidos dispositivos na atenção básica e os preceitos teóricos elaborados podem tornar os trabalhadores da atenção básica permeáveis à sua implantação e facilitar esse processo.

ABSTRACT

Objective: to develop the theoretical principles of continuing education in health practices for deployment and use of the provisions of Brazil’s National Humanization Policy in primary care. Method: realistic review of literature from 2003 to 2016, guided by the study question: what continuing health education practices have been used to deploy and organize National Humanization Policy provisions in the primary care context? Results: active learning methodologies and grouping were significant educational interventions used to deploy and use humanization provisions. On this evidence, two theories were identified to explain continuing education processes applied in primary care to deploy and use these provisions. Conclusion: continuing education practices are important to deploy and organize these provisions in primary care, and the theoretical principles developed can make primary health care workers receptive to their introduction, and facilitate this process.

RESUMEN

Objetivo: desarrollar los preceptos teóricos de la Educación Permanente en Salud para la implementación y uso de los dispositivos de la Política Nacional de Humanización en la atención básica brasileña. Método: revisión realista de literatura de 2003 a 2016, guiada por la cuestión de estudio: ¿Qué prácticas de Educación Permanente en Salud se han utilizado para la implementación y organización de los dispositivos de la Política Nacional de Humanización en el contexto de la atención primaria? Resultados: metodologías de aprendizaje y grupalidad fueron intervenciones educativas pertinentes para la implementación y uso de los dispositivos de humanización. Desde esta evidencia, se identificaron dos teorías que explican los procesos de educación permanente en la atención básica para la implementación y uso de estos dispositivos. Conclusión: las prácticas de Educación Permanente son importantes para la organización y la implementación de estos dispositivos en la atención básica y los preceptos teóricos elaborados pueden volver a los trabajadores de atención básica permeables para su implementación y así facilitar este proceso.

 

DOI: http://dx.doi.org/10.12957/reuerj.2017.26278


Palavras-chave


educação continuada; humanização da assistência; atenção primária à saúde; políticas públicas de saúde

Texto completo:

PDF(POR) HTML(eng)


DOI: https://doi.org/10.12957/reuerj.2017.26278