Doença inflamatória do colo do útero: indicador indireto da saúde reprodutiva da mulher [Inflammatory disease of cervix uteri: indirect indicator of women's reproductive health] [Cervicitis: indicador indirecto de la salud reproductiva de las mujeres]

Erica de Brito Pitilin, Rafaela Bedin, Vanessa Aparecida Gasparin, Samuel Spiegelberg Zuge, Tassiana Potrich

Resumo


Objetivo: analisar as internações por doença inflamatória do colo do útero e os fatores que influenciam a sua ocorrência. Método: estudo seccional, prospectivo, baseado em um inquérito de morbidade hospitalar realizado em 2013, com amostra de 429 mulheres internadas em hospitais no município de Guarapuava. Os dados foram analisados por meio de análise bivariada e regressão logística. O projeto foi aprovado por Comitê de Ética em Pesquisa. Resultados: do total de mulheres internadas, 45 (10,4%) foram por doença inflamatória do colo do útero. Pertencer ao público alvo, ter realizado o exame no mínimo uma vez, procurar o serviço regularmente para o controle de saúde e apresentar o resultado dentro dos limites de normalidade em 1 ano atuaram como fatores de proteção contra a ocorrência dessas internações. Conclusão: o conhecimento dos fatores que se relacionam ao desfecho fornece subsídios para a readequação dos serviços que prestam assistência às mulheres, a fim de prevenir as internações.

ABSTRACT

Objective: to examine hospital admissions for inflammatory disease of the cervix uteri and the related factors. Method: this prospective, cross-sectional study based on a hospital morbidity survey was conducted in 2013 with a sample of 429 women admitted to hospitals in the city of Guarapuava. Data were analyzed by bivariate analysis and logistic regression. The project was approved by the institution’s research ethics committee. Results: 45 (10.4%) of the women were hospitalized for inflammatory disease of the cervix uteri. Protective factors against the occurrence of such hospitalizations included belonging to the target public, having performed the examination at least once, attending the service regularly for a health check and returning a result within normal limits in the prior year. Conclusion: knowledge of the factors relating to the outcome provides input for adjusting women’s care services in order to prevent hospitalization.

RESUMEN

Objetivo: analizar las internaciones por cervicitis y los factores que influencian su ocurrencia. Método: estudio seccional, prospectivo basado en una encuesta de morbilidad hospitalaria realizada en 2013, con muestra de 429 mujeres internadas en hospitales en el municipio de Guarapuava. Los datos se analizaron por medio de análisis bivariado y regresión logística. El estudio fue aprobado por Comité de Ética en Investigación. Resultados: del total de mujeres internadas, 45 (10,4%) lo fueron por cervicitis. Pertenecer al público objetivo, haber realizado el examen al menos una vez, buscar el servicio regularmente para el control de salud y presentar el resultado dentro de los límites de la normalidad en 01 año actuaron como factores de protección respecto a la ocurrencia de estas hospitalizaciones. Conclusión: el conocimiento de los factores que se relacionan al desenlace proporciona subsidios para la readecuación de los servicios que prestan asistencia a las mujeres, a fin de prevenir las internaciones.


Palavras-chave


Doenças do colo do útero; Saúde da mulher; Atenção primária à saúde; Hospitalização

Texto completo:

PDF(POR) PDF(ENG) (English)


DOI: https://doi.org/10.12957/reuerj.2019.21680