Da formação à prática: a percepção de supervisores de enfermagem sobre os cuidados em estomias [From training to practice: nurse supervisors’ perceptions of ostomy care]

Juliano Teixeira Moraes, Carolina Fernandes Santos, Eline Lima Borges

Resumo


Introdução: a assistência à pessoa estomizada está direcionada às ações para promoção e recuperação da saúde. Objetivo: descrever a assistência de enfermeiros supervisores relacionada ao cuidado do paciente estomizado em ambiente hospitalar. Método: pesquisa qualitativa e descritiva, realizada com 12 enfermeiros de um hospital geral do Centro Oeste Mineiro no período de março a maio de 2014. Os dados foram coletados mediante entrevista semiestruturada e agrupados nos domínios: conhecimento e vivência no atendimento às pessoas estomizadas; o cuidado da estomia pelos enfermeiros; orientações dos enfermeiros supervisores. Resultados: embora a pesquisa revele que existe um cuidado básico ao estomizado no ambiente hospitalar, os enfermeiros evidenciam que possuem limitações no que tange às orientações e cuidados específicos. Conclusão: as lacunas apresentadas pelos enfermeiros em relação ao cuidado à pessoa estomizada em nível hospitalar ocorrem em apesar da formação do profissional enfermeiro generalista e consequente à ausência de treinamentos específicos para o tema.

 

ABSTRACT

Introduction: hospital nursing care for people with stoma is directed to actions that favor health promotion and recovery. Objective: to describe nurse supervisors’ input on care for ostomy patients in the hospital. Method: this qualitative, descriptive study was conducted with 12 nurses at a general hospital in the Midwest of Minas Gerais, Brazil, from March to May 2014. Data were collected by semi-structured interview and grouped into the areas: Area 1 – Knowledge and experience in caring for people with an ostomy; Area 2 – Nurses’ care for ostomies; and Area 3 – nurse supervisors’ guidance. Results: although the study revealed that there is basic care for ostomy patients in the hospital, the nurses displayed limitations as regards the guidelines and specific care. Conclusion: the lacunae displayed by nurses regarding care for people with ostomies in hospitals occur to the detriment of training for generalist nursing professionals and of specific training on the subject.

 

DOI: http://dx.doi.org/10.12957/reuerj.2016.14733


Palavras-chave


Estomia; cuidados de enfermagem; assistência hospitalar; educação continuada [Ostomy; nursing care; hospital activities; continuing education]

Texto completo:

PDF(POR) HTML(eng)


DOI: https://doi.org/10.12957/reuerj.2016.14733