Estudo exploratório das iniciativas acerca da segurança do paciente em hospitais do Rio de Janeiro. [Exploratory study of patient safety measures at hospitals in Rio de Janeiro]

Ruth Francisca Freitas de Souza, Lolita Dopico da Silva

Resumo


RESUMO: Trata-se de um estudo exploratório com abordagem quantitativa dos dados. Teve como objetivo analisar, com base nas informações obtidas com os gerentes de risco, as iniciativas implementadas para garantir a segurança do paciente. Realizado em cinco hospitais do Rio de Janeiro, entre março e agosto de 2013, com 14 gerentes de risco. Por meio da aplicação de um questionário semiestruturado, constatou-se que todos realizam atividades voltadas para a educação continuada. As menos desenvolvidas são ações de tecno, hemo e farmacovigilância (29%). Implementam a identificação dos pacientes (100%), seguida da assistência limpa (86%), controle de infecção da corrente sanguínea associada ao cateter (64%) e cirurgia segura (64%). Concluiu-se que todos os profissionais implementam a identificação dos pacientes. No entanto, os gerentes de risco desenvolvem iniciativas que demandam menos investimentos e têm suas ações direcionadas principalmente para a educação continuada, contrário ao que é proposto atualmente.

ABSTRACT: The main aim of this exploratory study was to examine patient safety measures through information gathered from risk managers. The qualitative data analysis-based study was carried out at five hospitals in Rio de Janeiro City, from March to August 2013, by applying a semi-structured questionnaire to fourteen risk managers. All were found to participate in continued professional development activities. The activities least pursued were techno-, hemo- and pharmaco-vigilance (29%). They perform patient identification (100%), followed by clean care (86%), control of catheter-related blood infection (64%), and safe surgery (64%). Thus, the risk managers were all involved in patient identification. However, contrary to what is currently proposed, they implemented the measures that require less investment, and their actions were directed mainly to continued professional development.

RESUMEN: Se trata de una investigación exploratoria con abordaje cuantitativo de  datos. Tuvo como objetivo analizar la información obtenida con los gestores de riesgos  acerca de las iniciativas puestas en marcha para garantizar la seguridad del paciente. Fue desarrollado en cinco hospitales de Río de Janeiro-Brasil, entre marzo y agosto de 2013, con 14 gestores de riesgos. A través de la aplicación de un cuestionario semiestructurado, se constató que todos realizan actividades de educación continua. Las menos desarrolladas son acciones techno, hemo y farmacovigilancia (29 %). Desenvuelven los programas de identificación de los pacientes (100%), seguida por la asistencia limpia(86%), control de infección del sangre relacionada con cateteres (64%) y cirurgias seguras (64%). Se concluyó que todos los profesionales realizan la identificación de los pacientes. Sin embargo, los gestores de riesgos desarrollan iniciativas que requieren menos inversión y que tienen sus acciones dirigidas principalmente para la educación continua, al contrario de lo que se propone actualmente.

 


Palavras-chave


Gerência de risco; hospital; segurança do paciente; enfermagem. [Keywords: risk management; hospital; patient safety; nursing]. [Palabras clave: Gestión de riesgos; hospital; seguridad del paciente; enfermería].

Texto completo:

PDF(POR) HTML(ENG)