DESAFIOS DA EDUCAÇÃO EM TEMPOS DE PANDEMIA: APONTAMENTOS E INQUIETAÇÕES

Erinaldo Ferreira Carmo

Resumo


A pandemia da Covid-19 provocou uma profunda transformação na prática educacional no mundo inteiro, com a suspensão das atividades presenciais e a adaptação do ensino às atividades remotas. Esse drama expôs e agravou os problemas da educação escolar no Brasil, alargando o fosso entre redes de ensino e alterando significativamente o desempenho dos estudantes e profissionais da educação. O critério econômico tornou-se ainda mais revelador das discrepâncias existentes no acesso à educação. Nesse cenário sombrio, com o recrudescimento da Covid-19 no país, milhares de docentes tiveram que ressignificar suas práticas, tendo como suporte as novas tecnologias, enquanto estudantes das redes públicas precisaram de apoio, além do pedagógico, para suprir suas necessidades materiais. A tecnologia, que ora se mostra como solução, é também o problema central nesse contexto, pois não fez parte da formação acadêmica de grande parte dos docentes e ainda é um item faltante para uma larga parcela dos estudantes das camadas mais populares. Desse modo, o presente estudo propõe uma reflexão sobre as adaptações decorrentes da pandemia no setor educacional, em especial, considerando a realidade do Colégio de Aplicação da Universidade Federal de Pernambuco.


Palavras-chave


Ambiente Virtual de Aprendizagem; Colégio de Aplicação; Ensino Remoto Emergencial; Pandemia; Sala de Aula Virtual.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/e-mosaicos.2021.62540

Direitos autorais 2021 Erinaldo Ferreira Carmo


ISSN: 2316-9303 | Indexada em: