VINTE ANOS DEPOIS: DESAFIOS DA EJA NA FORMAÇÃO DOS JOVENS NO CONTEXTO DA DUALIDADE ESTRUTURAL

Anderson Teixeira Boanafina, Sandro Marcelo Hilário, Lilian Soares Boanafina

Resumo


Ao estabelecer reflexões sobre os vinte anos das Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação de Jovens e Adultos, este artigo aborda a juvenilização da EJA como um fenômeno que precisa ser estudado e compreendido no contexto de uma sociedade marcada pela dualidade estrutural, um processo-movimento histórico e complexo, que se alimenta das condicionantes necessárias à sobrevivência do ser humano, incluindo o trabalho e a educação. O artigo se vale dos fundamentos do materialismo histórico-dialético como eixo-norteador, apoiado por autores sobre o tema, na busca por desvelar as conexões entre o objeto em estudo e a estrutura da nossa sociedade.


Palavras-chave


Educação de Jovens e Adultos; Juvenilização; Dualidade Estrutural; Políticas de Educação.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/e-mosaicos.2021.58150

Direitos autorais 2021 Anderson Teixeira Boanafina, Sandro Marcelo Hilário, Lilian Soares Boanafina


ISSN: 2316-9303 | Indexada em: