CURRÍCULOS DE MATEMÁTICA E FORMAÇÃO DE PROFESSORES: REFLEXÕES À LUZ DAS DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS PARA A EJA

Francisco Josimar Ricardo Xavier, Pryscilla Teixeira Duarte Cardoso, Adriano Vargas Freitas

Resumo


A proposta central deste artigo é a de refletir sobre as Diretrizes Curriculares Nacionais (DCN) para a modalidade Educação de Jovens e Adultos (EJA), e sua influência sobre políticas públicas e implementações de currículo, focando a área da Matemática. Para isso, perfazemos um breve percurso de como as DCN e outros importantes documentos curriculares têm encaminhado o ensino na EJA. Como resultado, destacamos a existência de um afastamento da discussão sobre o ensino de Matemática na EJA em cursos de licenciaturas, e uma tentativa de apagamento do sentido de modalidade e das ideias pedagógicas voltada aos jovens, adultos e idosos, no texto da atual Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Concluímos enfatizando haver movimentos de perdas e ganhos no campo da educação voltada para estes estudantes, e que precisamos lutar por uma educação que seja entendida para além de uma política de garantia de direitos.


Palavras-chave


Diretrizes Curriculares Nacionais; Base Nacional Comum Curricular; Educação de Jovens e Adultos; Currículos; Matemática

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/e-mosaicos.2021.57322


ISSN: 2316-9303 | Indexada em: