PROMOVENDO A PROFISSÃO DO CIENTISTA A PARTIR DE UM PROJETO DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA.

Larissa Marques Pires Teixeira, Juliana Magalhães Araujo, Joel Christopher Creed

Resumo


A ciência deve ser cada vez mais valorizada, incentivada e estar mais acessível a todos, dentro e fora do meio acadêmico. E o apoio da população em geral que, via de regra, não tem contato com a ciência no seu dia a dia, é fundamental nesse processo. Mas como apoiar aquilo que não se conhece? O presente projeto “Pra que Serve? O que faz um cientista que trabalha com o mar.” visa divulgar a profissão do pesquisador científico promovendo o diálogo entre a comunidade acadêmica e a comunidade externa, estimulando a reflexão e debate de ideias de forma lúdica e participativa, familiarizando o público com a rotina de um cientista que trabalha com o mar. Relatamos aqui a experiência vivenciada durante todo o processo de criação e aplicação da oficina. A metodologia do presente projeto é dividida em duas etapas. Na primeira, através de apresentação oral, nós mostramos o que é um cientista, o que faz um cientista quando vai para o campo, como é mergulhar no mar e quais materiais são utilizados. Na segunda etapa nós realizamos uma oficina prática, mostrando a rotina de trabalho de um cientista, como diferentes organismos marinhos são identificados, que organismos são esses e a importância do trabalho de um cientista. Os participantes podem vivenciar a rotina de trabalho de um cientista que trabalha com o mar, além de observar a importância dos ambientes marinhos e da profissão cientista. No final das apresentações os participantes recebem uma tirinha em quadrinho resumindo tudo o que foi aprendido. Até o presente momento o projeto foi realizado em turmas de educação infantil, e ensino básico tecnológico, ambos de escolas públicas e em eventos de divulgação científica em locais públicos. Por ser um projeto de divulgação científica, adaptado para diferentes públicos, pretendemos repetir as atividades aqui apresentadas em outras instituições de ensino e eventos de divulgação científica a fim de incentivar o interesse em relação aos temas científicos, desenvolver o pensamento crítico em relação ao status da ciência na sociedade e contribuir para a valorização da ciência e educação.

Palavras-chave


Ciência; Costão rochoso; Divulgação científica; Ecologia marinha; Escola.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/e-mosaicos.2021.47898

Direitos autorais 2021 Larissa Marques Pires Teixeira, Juliana Magalhães Araujo, Joel Christopher Creed


ISSN: 2316-9303 | Indexada em: