ENSINO DE BIOLOGIA E REPRESENTAÇÕES SOCIAIS: UMA NARRATIVA DOCENTE

Paula Roberta Galvão Simplício, Adriana Cavalcanti dos Santos

Resumo


Este artigo tem por objetivo analisar a narrativa de uma professora de Biologia de um Instituto Federal sobre o processo ensino-aprendizagem dos alunos do Programa Nacional de Integração da Educação Profissional com a Educação Básica na Modalidade da Educação de Jovens e Adultos (PROEJA) na perspectiva das Representações Sociais. A referida investigação é de cunho qualitativo do tipo estudo de caso. A coleta de dados, narrativas da professora do PROEJA, deu-se por meio de uma entrevista semiestruturada, cujo corpus de análise foi tratado com base na Análise Textual Discursiva. Os resultados da pesquisa demonstram que, para professora investigada, a articulação entre o ensino de Ciências e a contextualização do ensino podem potencializar o processo ensino-aprendizagem, construído por meio de estratégias de ensino interdisciplinares, bem como motivar os alunos para uma permanência escolar. De modo que entender suas Representações Sociais pode influenciar diretamente em sua prática docente.


Palavras-chave


Representações Sociais; Ensino de Ciências; PROEJA; Docente; Aprendizagem.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/e-mosaicos.2021.47651


ISSN: 2316-9303 | Indexada em: