O TEATRO DE TEMÁTICA CIENTÍFICA NO ENSINO: PERCEPÇÕES DE PROFESSORES ESPECTADORES DA PEÇA O MÁGICO DE O2

Jéssica Santos Valério, Gisele Ferreira Machado, Karine de Cássia Prado Batista, Jane Raquel Silva de Oliveira

Resumo


O teatro de temática científica tem demonstrado significativo potencial para contribuir com o processo de alfabetização científica tanto daqueles que produzem e/ou encenam o teatro quanto de seus espectadores. Nessa perspectiva, o grupo de teatro Quitrupe produziu e encenou a peça O Mágico de O2, a qual articula experimentos de química e um enredo inspirado em obra literária. A peça foi apresentada a estudantes e professores de escolas da educação básica. O objetivo desta pesquisa foi analisar as percepções de professores espectadores dessa peça quanto às possibilidades de uso e contribuições do teatro de temática científica no ensino de ciências. Para tal, foram realizadas entrevistas semiestruturadas com sete professores espectadores, as quais foram analisadas por meio da Análise Textual Discursiva. A partir dos resultados foi possível observar que os professores espectadores compreendem o teatro de temática científica como uma forma de despertar a curiosidade e interesse dos alunos e como ferramenta para auxiliar na construção de conhecimentos científicos e na contextualização dos conceitos.

Palavras-chave


divulgação científica; teatro de temática científica; percepções de professores

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/e-mosaicos.2020.45076


ISSN: 2316-9303 | Indexada em: