ATITUDES ALIMENTARES E IMAGEM CORPORAL DAS MÃES DE PACIENTES COM TRANSTORNOS ALIMENTARES

Caroline Lara Garcia, Raphaela Meneghetti Miguel, Rosane Pilot Pessa, Marina Garcia Manochio-Pina

Resumo


Introdução: Transtornos alimentares são definidos como doenças psicossomáticas resultantes de uma relação conflituosa do indivíduo com a comida. Objetivo: Investigar o comportamento alimentar e avaliar a percepção e a satisfação com a imagem corporal de mães de pacientes com transtornos alimentares. Metodologia: Trata-se de pesquisa quantitativa, realizada em serviço especializado no interior de São Paulo. Os métodos utilizados foram Recordatório de 24 horas, o teste “Como está sua Alimentação”, o EAT- 26 e a Escala de Figuras de Silhuetas. Participaram do estudo 13 mães, das 18 pacientes atendidas pelo programa. Resultados: O EAT-26 foi negativo, com 17,23 pontos, o teste “Como está sua Alimentação” mostrou a média de 38,85 pontos. Em relação à imagem corporal, notou-se insatisfação por parte das mães. Discussão: As mães apresentam insatisfação com a imagem corporal, apesar de não apresentarem comportamentos alimentares semelhantes aos hábitos de pacientes com o transtorno. Conclusão: Poucos estudos foram realizados avaliando o comportamento alimentar de mães de pacientes com transtornos alimentares, portanto é necessário realizar mais pesquisas envolvendo esse aspecto. É necessária a participação da família no tratamento para que este seja bem-sucedido.

DOI: 10.12957/demetra.2018.33822


Palavras-chave


Transtorno Alimentar. Atitudes Alimentares. Imagem Corporal. Mães.



DOI: https://doi.org/10.12957/demetra.2018.33822