A IMPORTÂNCIA DAS CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS NO CURSO DE GRADUAÇÃO EM NUTRIÇÃO: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA

Romilda de Souza Lima

Resumo


Neste ensaio, um relato de experiência, apresenta-se breve discussão sobre a contribuição das ciências sociais para o estudo da Nutrição. Relata-se, ainda, a vivência como docente em duas disciplinas ofertadas para o curso de graduação em Nutrição em uma universidade pública estadual no Paraná: Antropologia da Alimentação e Sociologia aplicada à Nutrição. O foco está na contribuição para se pensar, numa ótica multidisciplinar e interdisciplinar, a grade curricular do curso. São apresentados os posicionamentos de alguns autores das ciências sociais, incluindo aqueles da Sociologia e Antropologia da Alimentação. Como experiência, é relatado como tem sido a condução de tais disciplinas, os desafios e as mudanças percebidas nos estudantes em relação à importância desses conteúdos na formação acadêmica, e como é possível observar a adoção desses conhecimentos nas atividades de pesquisa e extensão por parte dos/das estudantes do referido curso. Apesar de suas reduzidas cargas horárias (68 horas/aula anuais para cada disciplina), é possível perceber que os conteúdos desenvolvidos em sala têm contribuído para ampliar o olhar dos discentes ao estudarem conteúdos que os auxiliam na compreensão dos aspectos sociais, culturais e políticos da alimentação e da nutrição.

DOI: 10.12957/demetra.2017.28626


Palavras-chave


Antropologia. Alimentação. Educação Alimentar e Nutricional.

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: https://doi.org/10.12957/demetra.2017.28626

e-ISSN: 2238-913X


Esta revista está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.