“LOW CARB, HIGH FAT”: COMENSALIDADE E SOCIABILIDADE EM TEMPOS DE DIETAS RESTRITIVAS

Joana Angélica Pellerano, Maria Henriqueta Sperandio Garcia Gimenes-Minasse

Resumo


Ao longo da história da Humanidade, preocupações relacionadas à saúde, ao bem-estar e também à boa forma física impulsionaram o aparecimento de diferentes correntes dietéticas, que refletem não apenas descobertas de ordem científica, mas também as angústias de cada época. Este estudo apresenta uma reflexão preliminar sobre dietas restritivas adotadas na contemporaneidade, principalmente no que se refere à disseminação destes novos hábitos e às estratégias adotadas por seus praticantes, bem como os impactos destas novas formas de comer em termos do exercício da comensalidade e da sociabilidade. Para tanto, foi realizada pesquisa bibliográfica objetivando uma fundamentação teórica sobre o tema e a análise de duas entrevistas semiestruturadas, com depoentes que seguem atualmente dietas da moda bastante restritivas que prescrevem alto consumo de proteínas e baixo consumo de carboidratos: Paleo e Dukan. Os resultados apontam para uma alteração estrutural dos hábitos alimentares e da busca por novas formas de comensalidade e sociabilidade que suportem e reforcem as novas escolhas alimentares.

DOI: 10.12957/demetra.2015.16108

 


Palavras-chave


Hábitos alimentares; dieta restritiva; comensalidade; sociabilidade; alimentação.

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: https://doi.org/10.12957/demetra.2015.16108