A SOCIABILIDADE EXERCIDA EM TORNO DO COMER: UM ESTUDO ENTRE UNIVERSITÁRIOS

Mariana Gaida Viero, Adriane Cervi Blümke

Resumo


A relação existente entre o homem e a comida ultrapassa os aspectos fisiológicos da alimentação e é marcada pela comensalidade. O objetivo deste estudo é compreender os sentidos e significados do ato alimentar de universitários de uma instituição de ensino superior, a partir de uma reflexão que entende a alimentação como um ato sociocultural e objeto do saber socioantropológico. O estudo caracteriza-se por ser do tipo descritivo, com abordagem qualitativa. A pesquisa foi realizada entre os meses de agosto e dezembro de 2014, com estudantes de uma instituição privada de ensino superior do município de Santa Maria, Rio Grande do Sul. A coleta dos dados foi feita por meio de entrevistas gravadas, as quais foram transcritas e analisadas conforme a técnica de análise de conteúdo. Foram entrevistados dez alunos, de ambos os sexos e de variados cursos. Foi possível notar a influência social e cultural no comportamento alimentar dos estudantes. Também ficou evidente o reflexo da globalização e do tempo nas práticas alimentares dos entrevistados. Sugere-se a realização de novas pesquisas com esse tema, visto ser um campo bastante amplo e que possibilita um outro olhar à alimentação que nem sempre é explorado pela nutrição.

 

DOI: 10.12957/demetra.2016.15726

 

 


Palavras-chave


Comportamento Alimentar. Alimentação. Socialização. Cultura.

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: https://doi.org/10.12957/demetra.2016.15726

e-ISSN: 2238-913X


Esta revista está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.