Especialização produtiva: potenciais e desafios para o estado do Rio de Janeiro

Lia Hasenclever, Henrique Cavalieri, Ricardo Torres, Heitor Mendes

Resumo


O estado do Rio de Janeiro (ERJ) especializou-se na produção de bens intermediários, com ênfase na indústriade extração e refino de petróleo. O objetivo do artigo é analisar as especificidades das mudanças estruturaisocorridas e discutir a capacidade de o ERJ sustentar o desenvolvimento futuro. A especialização excessiva podetruncar os efeitos de encadeamento da indústria, mas a acumulação de capacitações sociais e tecnológicas naexploração do petróleo pode abrir caminho para o desenvolvimento de outras indústrias e o investimento em benscoletivos e infraestrutura que propiciem a diversificação industrial e o bem estar da população. A experiênciahistórica e a análise das políticas atuais deixam claro que, sem o direcionamento das políticas públicas e privadas,o desenvolvimento futuro do ERJ estará fadado a um padrão de desenvolvimento com baixo crescimento dademanda agregada e mudança estrutural limitada a enclaves, ainda que o crescimento de produtividade seja altoem algumas atividades.

Palavras-chave: mudança estrutural, especialização, recursos naturais, políticas públicas; desenvolvimentosustentável.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/cdf.2016.30680

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



ISSN: 2317-6539

A revista Cadernos do Desenvolvimento Fluminense está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons

A revista Cadernos do Desenvolvimento Fluminense possui indexação nas seguintes bases de dados:

   

  REDIB

   logo ROAD

Portal de Periódicos da CAPES


Sigam-nos nas redes sociais: