A LÍNGUA ESCRITA PADRÃO CONTEMPORÂNEA NO BRASIL, EM PORTUGAL E EM ANGOLA: O GÊNERO ACADÊMICO

Claudio Cezar Henriques

Resumo


Este artigo apresenta parte da pesquisa desenvolvida na UERJ, com o apoio do CNPq. Intitula-se “Novos Estudos Geo-Históricos do Português: a modalidade escrita contemporânea” e adota critérios de seleção de textos que se ajustam quanto ao gênero, ao domínio discursivo e aos modos de organização textual. Subdivide-se em três campos principais, construídos e intitulados simétrica e coerentemente, a saber: (i) “O português em textos jornalísticos”; (ii) “O português em textos acadêmicos”; e (iii) “O português em textos literários”. Este artigo analisa e compara a linguagem acadêmica presente nos livros O Profissional Incomum, de André Portes, A Função Social do Direito de Autor, de Nuno Manuel Gonçalves, e O Mundo Fantástico da Linguagem Desportiva, de Geraldo Quiala.


Palavras-chave


Língua Portuguesa; Geo-História; Padrão escrito contemporâneo.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/cadsem.2020.55877

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 1414-4298 | e-ISSN: 1806-9142

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.