A CULTURA POPULAR NA NARRATIVA INFANTOJUVENIL DE MONTEIRO LOBATO

Poliana Bernabé Leonardeli

Resumo


: O artigo se propõe a identificar a presença da cultura popular na obra infantil de Monteiro Lobato, evidenciando a relação da literatura infanto-juvenil, desse autor, com os saberes populares nacionais. Considera-se, também, nesta análise, que as referências à cultura popular utilizadas por Lobato na construção do imaginário em torno do sitio e suass personagens, acabam por contribuir para o tom sarcástico da narrativa, uma vez que a marca da cultura popular e o confronto com uma ordem já estabelecida. À procura de salientar a importância do livre-pensamento, sobretudo no universo da infância, o autor recorre a um conjunto de saberes marginalizado, pertencente a uma consciência coletiva, cujos valores e sentidos foram desprezados por determinadas classes e pensadores da época. A produção do artigo tem como base material bibliográfico.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/cadsem.2020.48052

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 1414-4298 | e-ISSN: 1806-9142

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.