ALBERT CAMUS NO ENTREMEIO DA AUTORIA MULTILETRADA: RELATO DE EXPERIÊNCIA DIDÁTICO-METODOLÓGICA

Caroline de Morais, Juliene da Silva Marques

Resumo


Resumo: O presente estudo tem como objeto de análise uma prática didático-metodológica aplicada em duas turmas do primeiro ano do Ensino Médio Integrado do IFRS, campus Vacaria. A proposta contou com o estudo da obra O estrangeiro, de Albert Camus, e teve como objetivo romper com a perspectiva do ensino literário tradicional para fazer uso dos multiletramentos literários a fim de desenvolver a autoria estudantil. Para o desenvolvimento do projeto, levaram-se em conta metodologias de ensino que colocassem os estudantes como protagonistas da ação, considerando seu contexto de produção de sentidos, sua bagagem cultural e as linguagens multimidiáticas que costumam utilizar. Desse modo, registram-se, nesta experiência, aportes teóricos direcionados ao ensino da Literatura, bem como embasamentos no que se referem aos letramentos literários, aos multiletramentos e à construção da autoria. Como registro da proposta, usam-se, para análise, mapa conceitual e recortes de enquadramento de vídeos produzidos pelos discentes com base na obra estudada. Diante do fechamento do projeto, constatou-se o envolvimento dos participantes para com a atividade, bem como seu desenvolvimento autoral, que fez com que sentidos outros fossem promovidos para a leitura, interpretação e atualização da obra analisada de maneira multimodal.

Palavras-chave: Práticas leitoras; Autoria estudantil; Multiletramentos; O estrangeiro.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/cadsem.2020.45552

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 1414-4298 | e-ISSN: 1806-9142

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.