ESTRATÉGIAS DE PERSUASÃO E ESTRUTURAÇÃO DO DISCURSO

Afrânio da Silva Garcia

Resumo


Esse artigo pretende mostrar as estratégias de persuasão mais comuns e de que maneira elas servem para estruturar o discurso social e político brasileiro. Dividimos tais estratégias em dois grupos: estratégias de persuasão simples, como a substituição de nomes, o apelo à inclusão, o temor da exclusão, o apelo à autoridade, a modalização do discurso e o emprego de estereótipos; e estratégias de persuasão complexas, como o distanciamento do discurso, a elaboração de mitos, a criação de inimigos, a qualificação excludente, o falso debate, a inintelegibilidade aclamada, o deslocamento tópico e a guerra assimétrica. Todos as seções do trabalho serão fartamente ilustradas com exemplos tirados da publicidade e da propaganda política e ideológica, além de ocasionais menções de acontecimentos reais e de obras de arte.

Palavras-chave: Persuasão; Discurso; Estratégias; Publicidade; Propaganda.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/cadsem.2019.44809

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 1414-4298 | e-ISSN: 1806-9142

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.