GÊNEROS EM CONTEXTO DIGITAL: UM PROTÓTIPO PARA O GÊNERO VIDEORRESENHA

Flávia Thaís Alves Britto, Williany Miranda da Silva

Resumo


A tradição sobre estudos de gêneros textuais destaca que o objeto reflete as multiformes e variadas esferas de utilização da linguagem. Em nossa sociedade, cada vez mais tecnológica, os ambientes digitais (re)criam os propósitos e as estruturas textuais para suprir as exigências das situações comunicativas diversas e dinâmicas. Assim, no contexto do YouTube, em tempos do “fenômeno booktuber”, o ato de resenhar modifica-se pela multimodalidade de vídeos e dos recursos específicos da rede social assumindo novos moldes, estratégias e funcionamento, possibilitando a origem do gênero videorresenha. O presente artigo evidencia a videorresenha pretendendo responder ao questionamento: “Qual a estrutura prototípica para o gênero videorresenha está evidenciada em vídeos de canais do YouTube?”. Para tanto, utilizamos uma metodologia descritivo-interpretativista e de inspiração netnográfica, objetivamos caracterizar a estrutura prototípica do gênero por meio da análise dos movimentos retóricos realizados em três videorresenhas disponíveis no suporte digital. Fundamentamo-nos inicialmente em Swales (1990), cujos métodos e teorias subsidiaram a criação de uma adaptação do modelo CARS que promoveu a constituição de um protótipo para o gênero em análise. Além deste, Bakhtin (1997) e Miller (2012), dentre outros, nortearam a discussão em torno do tema, estrutura composicional e papéis sociais dos sujeitos que fomentam a existência dos gêneros em foco. Os resultados da pesquisa, em andamento, possibilitaram o reconhecimento de alguns movimentos retóricos similares ao consolidado gênero resenha, porém, a partir da inclusão de aspectos da multimodalidade, acrescenta-lhes outras características, possibilitando o reconhecimento de um novo gênero, influenciado pela dinâmica do ambiente digital.


Palavras-chave


Ambiente digital; Videorresenha; YouTube.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/cadsem.2019.41027

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 1414-4298 | e-ISSN: 1806-9142

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.