LA BOÉTIE E KIERKEGAARD: UMA DISCUSSÃO SOBRE A SERVIDÃO VOLUNTÁRIA DO POVO BRASILEIRO

Joanne Ferreira de Oliveira CORDEIRO, Jorge Miranda de ALMEIDA

Resumo


Este artigo, com base n’O discurso da servidão voluntária, de Etienne de la Boétie, e nos postulados de Sören Kierkegaard sobre a subjetividade, discute a sujeição da maioria dos brasileiros diante da improbidade de seus governantes, na tentativa de compreender essa atitude em relação a uma atitude oposta da consciência de si e do seu autêntico papel na sociedade.

 


Palavras-chave


Servidão; Brasileiros; La Boétie; Sören Kierkegaard

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/cadsem.2015.13597

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 1414-4298 | e-ISSN: 1806-9142

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.