Percepções e ações da equipe multiprofissional em saúde sobre a medicina tradicional indígena

Autores

DOI:

https://doi.org/10.12957/reuerj.2024.77903

Palavras-chave:

Atenção à Saúde, Serviços de Saúde, Povos Indígenas, Saúde das Populações Indígenas, Medicina Tradicional Indígena das Américas

Resumo

Objetivo: compreender as percepções e as ações de uma equipe multiprofissional em saúde quanto à prática da medicina tradicional indígena em uma Casa de Atenção à Saúde Indígena. Método: estudo qualitativo descritivo, realizado em uma de Casa de Apoio à Saúde Indígena em um município do Pará, que incluiu oito profissionais de uma equipe multiprofissional. A coleta de dados foi realizada no ano de 2018 e estes foram examinados pelo método da análise de conteúdo. Resultados: inserção e prática do cristianismo; ritos e lideranças xamânicas; e postura da equipe de multidisciplinar foram as categorias elencadas, que apontam os entendimentos e atuações da equipe multiprofissional e da organização espacial da Casa de Saúde do município. Considerações finais: há novos costumes e valores entre as etnias, em virtude da aproximação de grupos religiosos, cujas ações foram registradas e apreendidas pela equipe de trabalhadores em saúde.

Biografia do Autor

Nádile Juliane Costa de Castro, Universidade Federal do Pará

Enfermeira. Doutora em Ciências socioambientais. Mestre em Doenças Tropicais. Especialista em Saúde Publica e metodologia do ensino de artes. Docente do Instituto de Ciências da Saúde da Universidade Federal do Pará. Belém, PA, Brasil.

Ligia Terezinha Lopes Simonian, Universidade Federal do Pará

Antropológa. Mestre e Doutora em Antropologia. Pesquisadora do Núcleo de Altos Estudos Amazônicos. Universidade Federal do Pará. Belém, PA, Brasil.

Referências

Assis JT, Conceição MIG, Licença IG, Campos N, Reis M, Fialho LA, et al. Medicina tradicional no Brasil e em Moçambique: definições, apropriações e debates em saúde pública. O público e o privado. 2018 [cited 2021 Jan 5]; 16(31):13-30. Available from: https://core.ac.uk/download/pdf/270242108.pdf.

Shuaib M, Hussain F, Rauf A, Jan F, Romman M, Parvez R, et al. Traditional knowledge about medicinal plant in the remote areas of Wari Tehsil, Dir Upper, Pakistan. Brazilian J Biol. 2023 [cited 2023 May 10]; 83:e246803. DOI: https://doi.org/10.1590/1519-6984.246803.

Meneguelli AZ, Camargo EES, Buccini DF, Roriz BC, Cerqueira GR, Moreno SE. Ethnopharmacological and botanical evaluation of medicinal plants used by Brazilian, Amazon Indian community. Interações. 2020 [cited 2021 jan 5]; 21(3):633-45. DOI: http://dx.doi.org/10.20435/inter.v21i3.2926.

Nations United (ONU). United Nations Declaration on Indigenous Rights [site de Internet]. 2008 [cited 2020 Jan 20]. Available from: http://www.un.org/esa/socdev/unpfii/documents/DRIPS_pt.pdf.

Langdon EJ, Wiik FB. Anthropology, health and illness: an introduction to the concept of culture applied to the health sciences. Rev Lat Ame Enfermagem. 2010 [cited 2023 May 10]; 18(3):459-66. DOI: https://doi.org/10.1590/S0104-11692010000300023.

Langdon JE, Diehl EE. Participação e autonomia nos espaços interculturais de Saúde Indígena: reflexões a partir do Sul do Brasil. Saúde soc. 2007[cited 2023 May 10]; 16(2):19-36. DOI: https://doi.org/10.1590/S0104-12902007000200004.

Ministério da Saúde (Br). Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares no SUS - PNPIC-SUS Brasília: MS [Internet]. 2006 [cited 2020 Jan 20]. Available from: https://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2006/prt0971_03_05_2006.html.

Habimorad PHL, Catarucci FM, Bruno VHT, Silva IB, Fernandes VC, Dermazo MMP, et al. Implementation of Brazil’s National Policy on Complementary and Integrative Practices: strengths and weaknesses. Ciênc. Saude Colet. 2020 [cited 2023 May 10]; 25(2):395-405. DOI: https://doi.org/10.1590/1413-81232020252.11332018.

Coelho PV, Azevedo SRS. Pistas para a compreensão das territorialidades Waiwai: evangelização. Braz. J. Dev. 2018 [cited 2021 Nov 5]; 4(5):2447-57. Available from: https://ojs.brazilianjournals.com.br/ojs/index.php/BRJD/article/view/266/223.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Indígenas [Site de Internet]. 2010 [Cited 2020 jan 20]. Available from: https://indigenas.ibge.gov.br/graficos-e-tabelas-2.html.

Yin KY. Case study. Porto Alegre: Bookman; 2015. 248 p.

Bardin L. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70; 2016. 279 p.

Jácome C, Wai JXW. A paisagem e as cerâmicas arqueológicas na bacia Trombetas: uma discussão da Arqueologia Karaiwa e Wai Wai. Bol. Mus. Para. Emílio Goeldi. Ciênc. Hum. 2020, 15(3):e20190140. DOI: https://doi.org/10.1590/2178-2547-BGOELDI-2019-0140.

Moretti LL. Kagwy e cachaça: Modos de beber e produção de corpos em territórios Kaiowá no Mato Grosso do Sul. Amazôn., Rev. Antropol. 2017 [cited 2023 May 10]; 9(2):766-89. DOI: http://dx.doi.org/10.18542/amazonica.v9i2.5674.

Guimarães MB, Nunes JÁ, Velloso M, Bezerra A, Sousa IM. Integrative and complementary practices in the health field: towards a decolonization of knowledge and practices. Saúde Soc. 2020 [cited 2023 May 10]; 29(1):e190297. DOI: https://doi.org/10.1590/S0104-12902020190297.

Pedrana L, Trad LAB, Pereira MLG, Torrenté MON, Mota SEC. Critical analysis of interculturality in the National Policy on Health Care for Indigenous Peoples in Brazil. Rev Panam Salud Publica. 2018 [cited 2021 Jan 20]; 42:e178. DOI: https://doi.org/10.26633/RPSP.2018.178.

Câncio RNP, Araújo SMS. Domination and Resistence in Christianized Schooling in Amazon. Educ. Real. 2021 [cited 2021 Jan 20]; 46(1):e106385. DOI: https://doi.org/10.1590/2175-6236106385.

Silva DM, Nascimento EHS, Santos LA, Sousa MT. Brasil Experiences of ethnic groups in a care facility in the Amazon region of Brazil. Rev Enfermagem Atual Inderme. 2018; 86. DOI: https://doi.org/10.31011/reaid-2018-v.86-n.24-art.104.

Silveira JLGC, Kremer MM, Silveira MEUC, Schneider ACT. Percepções da integração ensino-serviço-comunidade: contribuições para a formação e o cuidado integral em saúde. Interface (Botucatu). 2020 [cited 2022 Nov 10]; 24:e190499. DOI: https://doi.org/10.1590/Interface.190499.

Zanella AK, Ramires CC, Rocco CP, Silva MD. Proposta de intervenção ensino-serviço em práticas alternativas e complementares. Vittale. 2018 [cited 2022 Nov 10]; 30(1):63-71. DOI: https://doi.org/10.14295/vittalle.v30i1.7449.

Rocha TES, Silva RP, Nascimento MM. Change of dietary habits between the Akwen Manager. Rev. esc. enferm USP. 2016 [cited 2022 Nov 10]; 50(esp):96-100. DOI: https://doi.org/10.1590/S0080-623420160000300014.

Souza VMG, Villar BS. Hábitos alimentares e produtos ultraprocessados na alimentação escolar: um estudo de caso da Terra Indígena Piaçaguera, São Paulo, Brasil. Segur Aliment Nutr. 2018 [cited 2022 Jul 05]; 25(1):23-30. DOI: http://dx.doi.org/10.20396/san.v25i1.8650881.

Pegon T. Iniciativa do DSEI GuaToc implementa horta comunitária em área indígena [Site de Internet]. 2018 [cited 2020 Jan 20]. Avaliable from: https://pib.socioambiental.org/es/Not%C3%ADcias?id=187823.

Ribeiro AR, Arantes CIS, Gualda DMR, Rossi LA. Aspectos culturais e históricos na produção do cuidado em um serviço de atenção à saúde indígena. Ciênc. saúde Colet. 2017 [cited 2022 Jul 05]; 22(6):2003-12. DOI: https://doi.org/10.1590/1413-81232017226.13362016.

Krenak A. Reflection on indigenous health and current challenges in dialogue with the dissertation ‘It has to be our way’: participation and protagonism of the indigenous movement in the construction of the health policy in Brazil. Saúde Soc. 2020 [cited 2022 Jul 05]; 29(3):e200711. DOI: https://doi.org/10.1590/S0104-12902020200711.

Pontes ALM, Machado FRS, Santos VS, Brito CAG. Diálogos entre indigenismo e Reforma Sanitária: bases discursivas da criação do subsistema de saúde indígena. Saúde debate. 2019 [cited 2023 May 10]; 43(8):146-59. DOI: https://doi.org/10.1590/0103-11042019S811.

Landgraf J, Imazu NE, Rosado RR. Desafios para a Educação Permanente em Saúde Indígena: adequando o atendimento do Sistema Único de Saúde no sul do Brasil. Interface (Botucatu). 2020 [cited 2023 May 10]; 24:e190166. DOI: https://doi.org/10.1590/Interface.190166.

Publicado

29.05.2024

Como Citar

Castro, N. J. C. de, & Simonian, L. T. L. (2024). Percepções e ações da equipe multiprofissional em saúde sobre a medicina tradicional indígena. Revista Enfermagem UERJ, 32(1), e77903. https://doi.org/10.12957/reuerj.2024.77903

Edição

Seção

Artigos de Pesquisa