O TRATAMENTO DOS SUBSTANTIVOS NAS ATIVIDADES PROPOSTAS EM UM LIVRO DIDÁTICO DE LÍNGUA PORTUGUESA DO NOVO ENSINO MÉDIO

Conteúdo do artigo principal

Gustavo Henrique Viana Lopes
Mônica de Souza Serafim

Resumo

O objetivo deste estudo é analisar atividades de um livro didático que envolvam o ensino dos substantivos. Investigou-se em que medida as atividades se associam aos documentos oficiais que orientam a prática docente no Brasil, como os PCN (1998) e a BNCC (2018), e aos estudos linguísticos contemporâneos, sobretudo os de base funcionalista, centrados no uso (NEVES, 2018). Com a análise, é possível averiguar se o material contribui para implementação do Novo Ensino Médio, que deve formar cidadãos efetivamente atuantes, e se contribui para a promoção de um ensino de língua eficaz e significativo. Foi analisado o livro Se liga nas linguagens: português, disponibilizado pelo PNLD 2020. Com as análises, percebeu-se que o material apresenta atividades produtivas e contextualizadas. No entanto, há, ainda, a necessidade de se promoverem mais momentos de reflexão e de aprofundamento de ideias importantes para o desenvolvimento de uma consciência linguística mais aguçada, como o papel das classes gramaticais no texto e a variação linguística.

Detalhes do artigo

Como Citar
Lopes, G. H. V., & de Souza Serafim, M. (2024). O TRATAMENTO DOS SUBSTANTIVOS NAS ATIVIDADES PROPOSTAS EM UM LIVRO DIDÁTICO DE LÍNGUA PORTUGUESA DO NOVO ENSINO MÉDIO. Caderno Seminal, (48). https://doi.org/10.12957/seminal.2024.79356
Seção
Estudos Gramaticais e Ensino
Biografia do Autor

Gustavo Henrique Viana Lopes, Universidade Federal do Ceará

Possui graduação em Letras pela Universidade Estadual do Ceará (2015). É especialista em Ensino de Língua Portuguesa (2020) pela Universidade Estadual do Ceará e mestre em Letras (2019) pela mesma universidade, estudando, principalmente, sobre o ensino de gramática na educação básica à luz da Pedagogia da Variação e da Gramática Contextualizada. É Doutorando em Linguística pelo Programa de pós-graduação em Linguística da Universidade Federal do Ceará. Atua como professor da área de linguagens, códigos e suas tecnologias, vinculado à Secretaria da Educação do Estado do Ceará, para a qual contribuiu, ainda, como elaborador de material didático e formador de pares.

Mônica de Souza Serafim, Universidade Federal do Ceará

Possui graduação em Letras pela Universidade Federal do Ceará (2003), mestrado em Lingüística pela Universidade Federal do Ceará (2005) e doutorado em Lingüística pela Universidade Federal do Ceará (2008). Pós-Doutorado em Linguística pela Universidade Federal de Minas Gerais (2009) e Pós-Doutorado em Educação pela Universidade de Brasília (2011). Atualmente é professora da Universidade Federal do Ceará . Tem experiência na área de Linguística, com ênfase em Lingüística, atuando principalmente nos seguintes temas: análise do livro didático, língua portuguesa, ensino de leitura e ensino de produção escrita.