A FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE EDUCAÇÃO INFANTIL PARA AS RELAÇÕES ÉTNICO-RACIAIS: ANÁLISE DAS PRODUÇÕES BIOGRÁFICAS DE 2012 A 2022

Autores

DOI:

https://doi.org/10.12957/riae.2024.73746

Palavras-chave:

Formação de professoras/es da Educação Infantil, Relações étnico-raciais, Estado da arte

Resumo

Este artigo tem o objetivo de apresentar um levantamento acerca das produções bibliográficas referentes à formação para professoras/es da Educação Infantil para a educação das relações étnico-raciais entre os anos de 2012 e 2022. Para isso, realizamos uma pesquisa no formato de estado da arte, que contou com a leitura e a análise dos artigos da Revista da Associação Brasileira de Pesquisadoras/es Negras/os, periódicos da CAPES e da plataforma Scielo, além teses e dissertações da Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações. Constatamos 46 produções bibliográficas referentes à temática do estudo, a partir das quais encontramos a predominância da abordagem empírica sobre a teórica, bem como a incidência de temas recorrentes que situamos em quatro categorias centrais: Processos Formativos, Práticas Pedagógicas, Infâncias Negras e Legislação. Tais categorias se entrelaçam na discussão sobre formação para professoras/es da Educação Infantil para a educação das relações étnico-raciais e se complementam. Diante a constatação de desafios e dificuldades de implementação das Leis nº 10.639/2003 e nº 11.645/2008, observamos uma demanda de estudos voltados para esta especificidade, ao mesmo tempo que nos projeta a necessidade de investimento na educação brasileira com atenção à formação de professoras/es.

Biografia do Autor

Lillian Ferreira Rodrigues, Universidade Federal de Viçosa

Departamento de Educação

Heloisa Raimunda Herneck, Universidade Federal de Viçosa

Departamento de Educação

Maria Simone Euclides, Universidade Federal de Viçosa

Departamento de Educação

Terezinha Duarte Vieira, Universidade Federal de Viçosa

Departamento de Educação

Referências

Referências

Artigos analisados

AGUIAR, Márcio Mucedula; PIOTTO, Débora Cristina; CORREA, Bianca Cristina. Relações étnico-raciais e formação docente: situações de discriminação racial na educação infantil. Revista Eletrônica de Educação, v. 9, n. 2, p. 373-388, 2015.

ALMEIDA, Aline; HENRIQUES, Helder. Educação infantil e multiculturalismo no Brasil: a pertinência de um diálogo. Interfaces da Educação, v.9, n.25, p. 128-153, 2018.

ALVES, Luciana; TEIXEIRA, Daniel; SANTOS, Winnie Nascimento dos. Educação da infância e combate ao racismo: a implementação da Lei n° 10.639/2003 na percepção de professores e professoras. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, v. 103, n. 264, p. 450-465, maio/ago. 2022.

ALVES, Nancy Nonato de Lima; BARBOSA, Ivone Garcia; RIBEIRO, Núbia Souza Barbosa. Educação para as relações étnico-raciais na educação infantil em documentos nacionais. Revista Contemporânea de Educação, v.11, n.22, p. 312-331, ago./dez. 2016.

ARAÚJO, Débora Cristina de; DIAS, Lucimar Rosa. Vozes de Crianças Pretas em Pesquisas e na Literatura: esperançar é o verbo. Educação & Realidade, Porto Alegre, v. 44, n. 2, p. 1-22, 2019.

CARVALHO, Daniela Melo da Silva; FRANÇA, Dalila Xavier de. Estratégias de enfrentamento do racismo na escola: uma revisão integrativa. Educação & Formação, v. 4, n. 12, p. 148-168, 2019.

CARVALHO, Thais Regina de. Políticas de promoção da igualdade racial na educação infantil: relatos da formação continuada em Florianópolis/SC. Poiésis, Tubarão. v. 7, n. 12, p. 202-222, jun./dez. 2013.

CASTRO, Moacir Silva de. Relações étnico-raciais e formação docente na educação infantil. Cadernos de Pós-graduação, v. 18, n. 2, p. 94-107, jul./dez 2019.

COSTA, Bruno Marcelo de Souza; VIDEIRA, Piedade Lino; VIEIRA, Enilton Ferreira; VASCONCELOS, José Gerardo. Práticas pedagógicas: arte/ educação infantil na perspectiva étnico-racial. Revista da Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as (ABPN), v. 12, n. 33, p. 134-159, ago. 2020.

DIAS, Lucimar Rosa. Formação de professores, educação infantil e diversidade étnico-racial: saberes e fazeres nesse processo. Revista Brasileira de Educação, v. 17 n. 51 set./dez. 2012.

DIAS, Lucimar Rosa; REIS, Maria Clareth Gonçalves; DAMIÃO, Flávia de Jesus. Educação e relações étnico-raciais para e com bebês e crianças pequenas. Debates em Educação, v. 14, n. especial, p. 468-491, 2022.

FERREIRA, Edmilson dos Santos; VIEIRA, Jose Jairo VIEIRA, Andrea Lopes da Costa. Relações étnico-raciais e saberes docentes na escola de educação infantil da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, v. 15, n. 1, p. 236-252, 2020.

FURTADO, Tanara Forte; MEINERZ, Carla Beatriz. Formação continuada de professores e educação antirracista: ensino de história, africanidades e rompimento de estereotipias. Revista História Hoje, v. 9, n. 17, p. 35-57, jan./jun 2020.

GHIGGI, Gioconda. O núcleo de estudos afro-brasileiros da Universidade Federal do Paraná (NEAB-UFPR) como espaço de formação continuada: as produções monográficas sobre educação infantil. Revista Linhas, v. 19, n. 40, p. 294 - 306, 2018.

GÓES, Margarete Sacht; ROSA, Tatiana Gomes. Formação de professoras/es: ensino da arte para as relações étnico-raciais na Educação Infantil. Revista Espaço do Currículo, v. 14, n. 1, p. 1-15, 2021.

GRANDO, Beleni S., de PINHO, Vilma A., RODRIGUES, Eglen S. P. Metodologia intercultural na formação-ação para a educação infantil: a cultura bororo e as relações étnico-raciais. Laplage em Revista, p.86-101, 2018.

MAÇANEIRO, Gisele Romildes; BAILER, Cyntia. “Seus corpos vão falar de suas identidades”: discursos de profissionais da educação infantil face às relações étnico-raciais. Raído, v. 15, n. 37, p. 297-310, jan./abr. 2021.

MARINHO, César; MARTINS, Edna. Educação infantil e relações étnico-raciais: impactos da formação docente nas práticas educativas. Revista Educação e Cultura Contemporânea, v. 13, n. 34, 2017.

RAIMUNDO, Alessandra Cristina; TERRA, Dinah Vasconcellos. Educação para as relações étnico-raciais na educação infantil: a história de Sophia. Movimento, v. 27, 2021.

SANTOS, Erisvaldo Pereira dos; MEIRA, Ludmila Costa. Os desafios da educação das relações étnico-raciais e a formação de professores para a educação infantil. Formação Docente – Revista Brasileira de Pesquisa sobre Formação de Professores, v. 11, n. 22, p. 13-20, 2019. Debates em Educação, v. 14, n. especial, 2022.

SILVA, Bárbara Rainara Maia; CRUZ, Silvia Helena Vieira. Educação das relações étnico-raciais na formação docente: o curso de pedagogia da UFC em foco. Debates em Educação, v. 14, n. especial, p. 492-516, 2022.

SILVA, Flávia Carolina da; DIAS, Lucimar Rosa. Formação continuada de professores da educação infantil e (re)educação de relações étnico-raciais: uma experiência no município de Curitiba. Poésis, v.12, n. 21, p. 311-332, jan./jun. 2018.

SILVA, Flávia Carolina da. Educação das relações étnico-raciais na educação infantil: caminhos necessários para uma educação antirracista. Revista da Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as (ABPN), v. 12, n. 33, p. 66-84, ago. 2020.

SILVA, Marta Regina Paulo da. SANTOS, Cleia Souza. A literatura afro-brasileira em um Centro de Educação Infantil do município de São Paulo. Revista Cocar, v. 14, n. 28, p. 664-680, jan./abr. 2020.

SILVA, Tarcia Regina da; SANTOS, Ernani Martins dos. A educação étnico-racial na educação infantil: Reflexões sobre a prática de professores. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, v. 17, n. esp.1, p. 870-884, 2022.

SOUZA, Edmacy Q. de, DINIS, Nilson F. Formação docente, relações étnico-raciais e educação infantil. Laplage em Revista, v.4, n. Especial, p.38-54, 2018.

SOUZA, Maria Elena Viana. Relações raciais e educação: desafios e possibilidades para a formação continuada do professor. Revista de Educação Pública, v. 21, n. 46, p. 289-301, mai/ago 2012.

Teses e dissertações analisadas

ALVES, Elizabeth Conceição. A Educação das relações étnicorraciais na creche: trançando as mechas da legislação federal, formação e prática das professoras. 2018. 131 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de São Carlos, Sorocaba, 2018.

AMARAL, Arleandra Cristina Talin do. A infância pequena e a construção da identidade étnico-racial na educação infantil. 2013. 226 f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2013.

COSTA, Marcelle Arruda Cabral. Os desafios de uma educação para a diversidade étnico-racial: uma experiência de pesquisa-ação. 2013. 234 f. Tese (Doutorado em Educação Brasileira) - Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2013.

FEITAL, Lisa Minelli. A promoção da igualdade racial e a política pública de formação dos professores da Educação Infantil em Belo Horizonte. 2016. 144 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Educação e Docência - Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2016.

IVAZAKI, Ana Claudia Dias. Capoeira da educação infantil: relações étnico-raciais na formação de professores. 2018. 196 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Formação de Professores) - Universidade Estadual da Paraíba, Campina Grande, 2018.

JUNIOR, Raimundo Nonato Nascimento. Educação e diversidade étnico-racial. 2018. 137 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Pontifícia Universidade Católica de Goiás, Goiânia, 2018.

LEAL, Mariele Ferreira. Do legal ao real: a abordagem das políticas étnico-raciais na formação continuada de professoras/es da educação infantil. 2017. 218 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Políticas Públicas e Gestão Educacional) - Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2017.

MARCHI, Sandra Aparecida. Por um ensino de várias cores: formação de professores à luz da história cultura afro-brasileira e africana. 2016. 117 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino de História) - Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2016.

MIRANDA, Rogger Diego. Educação das relações étnico-raciais e infância: semiformação e a atuação dos professores. 2021. 158 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal do Mato Grosso do Sul, Três Lagoas, 2021.

MIRANDA, Vanessa Regina Eleutério. Formação de professores para o trabalho com a educação das relações étnico-raciais. 2018. 243 f. Tese (Doutorado em Educação: Conhecimento e Inclusão Social) - Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2018.

PEREIRA, Erika Jennifer Honorio. Tia, existe flor preta? Educar para as relações étnico-raciais. 2015. 184 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2015.

REGO, Thabyta Lopes. Relações étnico-raciais na educação infantil na RME/Goiânia: das políticas públicas educacionais às concepções e relatos docentes. 2019. 231 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2019.

SANTANA, Crisley de Souza Almeida. Educação para as relações étnico-raciais: o que pensam as professoras de Educação Infantil em uma instituição pública do interior paulista. 2021. 110 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal do Mato Grosso do Sul, Três Lagoas, 2021.

SANTOS, Raíssa Francisco dos. A protagonista da história: a literatura infantil negra. 2021. 110 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2021.

SILVA, Bárbara Rainara Maia. Educação infantil e relações étnico-raciais: contribuições do Curso de Pedagogia da UFC para a formação docente. 2020. 181 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2020.

SILVA, Flávia Carolina da. A educação das relações étnico-raciais na formação de professores/as da educação infantil no Município de Curitiba (2010-2015). 2016. 217 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2016.

SILVA, Keise Barbosa da. Descolonizar e afrocentrar a educação infantil: corpo negro e cabelo crespo nas experiências e narrativas de crianças e professoras. 2022. 155 f. Dissertação (Mestrado em Educação, Culturas e Identidades) - Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife, 2022.

SILVA, Jussara Alves da. Karingana wa Karingana: brincadeiras e canções africanas. 2019. 133 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Juiz de Fora, Juiz de Fora, 2019.

SOUZA, Ellen de Lima. Percepções de infância de crianças negras por professoras de educação infantil. 2012. 134 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2012.

Referências complementares

BRASIL. Diretrizes curriculares nacionais para a educação das relações étnico raciais e para o ensino da História afro-brasileira e africana. Brasília/DF: SECAD/MEC, 2004.

BRASIL. Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação. Conselho Pleno. Parecer nº 2, de 1º de julho de 2015. Define as Diretrizes Curriculares Nacionais para a formação inicial em nível superior (cursos de licenciatura, cursos de formação pedagógica para graduados e cursos de segunda licenciatura) e para a formação continuada. Diário Oficial da União, Brasília, DF, seção 1, n. 124, p. 8-12, 2015.

BRASIL. Lei nº 10.639, de 9 de janeiro de 2003. Altera a lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, para incluir no currículo oficial da rede de ensino a obrigatoriedade da temática “História e Cultura Afro-brasileira”, e dá outras providências. Diário Oficial da União: seção 1, Brasília, DF, p. 1, 10 jan. 2003.

BRASIL. Lei 11.645, de 10 de março de 2008. Altera a Lei no 9.394, de 20 de dezembro de 1996, modificada pela Lei no 10.639, de 9 de janeiro de 2003, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, para incluir no currículo oficial da rede de ensino a obrigatoriedade da temática “História e Cultura Afro-Brasileira e Indígena”. Diário Oficial da União: Brasília, DF, 10 mar. 2008.

CANEN, Ana; XAVIER, Giseli Pereli de Moura. Formação continuada de professores para a diversidade cultural: ênfases, silêncios e perspectivas. Revista Brasileira de Educação, v. 16, n. 48, p. 641-813, set/ dez 2011.

CAVALLEIRO, Eliane. Do silêncio do lar ao silêncio escolar: racismo, preconceito e discriminação na educação infantil. 6. ed. São Paulo: Contexto, 2012.

COELHO, Wilma de Nazaré Baía; QUADROS, Cleverton. Formação de professoras e professores e relações raciais: mapeamento da produção em teses, dissertações e artigos (2003-2014). In: SILVA, Paulo Vinicius Baptista da; RÉGIS, Kátia; MIRANDA, Shirley Aparecida de (org). Educação das relações étnico-raciais: o estado da arte. Curitiba : NEAB-UFPR e ABPN, p. 53-104, 2018.

CORRÊA, Antonio Matheus do Rosário; SANTOS, Raquel Amorim dos. As representações sociais de crianças negras sobre a cor em contexto escolar. Linhas Críticas, v. 26, p.1-23, 2020.

DELEUZE, Gilles; GUATTARI, Felix. Mil Platôs: capitalismo e esquizofrenia. v 1. Rio de Janeiro: Ed. 34, 1995.

GOMES, Nilma Lino. Educação, identidade negra e formação de professores/as: um olhar sobre o corpo negro e o cabelo crespo. Educação e Pesquisa, v. 29, n.1, p.167-182, 2003.

GOMES, Nilma Lino. Educação, relações étnico-raciais e a Lei 10.639/03. In: BRANDÃO, Ana Paula. Modos de fazer: caderno de atividades, saberes e fazeres. Rio de Janeiro: Fundação Roberto Marinho, 2010, p. 19-25.

GOMES, Nilma Lino. Relações étnico-raciais, educação e descolonização dos currículos. Currículo sem fronteiras, v.12, n.1. p. 98-109, jan/abr 2012.

QUIJANO, Anibal. Colonialidade do poder, eurocentrismo e América Latina. In: LANDER, Edgardo (org). A colonialidade do saber: eurocentrismo e ciências sociais, perspectivas latino-americanas. Buenos Aires: CLACSO, 2005. p. 117-142.

ROMANOWSKI, Joana Paulin; ENS, Romilda Teodora. As pesquisas denominadas do tipo “estado da arte” em educação. Rev. Diálogo Educ. v.6, n.19, p.37-50, 2006.

SANTOS, Sales Augusto dos. Educação: um pensamento negro contemporâneo. Jundiaí: Paco Editorial, 2014.

TEODORO, Cristina. A constituição de corpos negros em espaços de educação infantil: o lugar da identidade e do pertencimento étnico-racial. Revista da Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as (ABPN), v. 12, n. 33, p. 110-133, ago. 2020.

Downloads

Publicado

16-01-2024

Como Citar

RODRIGUES, Lillian Ferreira; HERNECK, Heloisa Raimunda; EUCLIDES, Maria Simone; VIEIRA, Terezinha Duarte. A FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE EDUCAÇÃO INFANTIL PARA AS RELAÇÕES ÉTNICO-RACIAIS: ANÁLISE DAS PRODUÇÕES BIOGRÁFICAS DE 2012 A 2022. Revista Interinstitucional Artes de Educar, [S. l.], v. 10, n. 1, p. 350–370, 2024. DOI: 10.12957/riae.2024.73746. Disponível em: https://www.e-publicacoes.uerj.br/riae/article/view/73746. Acesso em: 14 jul. 2024.

Edição

Seção

DOSSIÊ - 20 ANOS DA LEI 10.639: CONVERSAS CURRICULARES ENTRE SABERES, PRÁTICAS E POLÍTICAS ANTIRRACISTAS