Influência da profundidade de semeadura na formação de mudas de pepino (Cucumis sativus L.)

Naiane Caetano da Silva Leal, Ruanis Silva Araújo, Diogo Leandro Silva Carvalho, Gabrielly Pereira de Araújo, Kelly de Nazaré Maia Nunes, Josiane Pereira da Silva

Resumo


A profundidade de deposição da semente é um fator de grande importância na semeadura, e afeta diretamente na qualidade da germinação, entretanto ainda há poucos trabalhos científicos que abordem a temática da profundidade de semeadura das hortaliças, principalmente no tocante à cultura do pepino. Assim o presente trabalho teve como objetivo avaliar a influência da profundidade de semeadura na formação de mudas de pepino. Foram utilizadas sementes de pepino (Cucumis sativus L.) cv. Aodai semeadas em bandejas de polietileno de 128 células com substrato comercial a 0 cm, 0,5 cm, 1,0 cm e 1,5 cm de profundidade, durante o experimento foram avaliados o tempo e porcentagem de germinação, a altura das plântulas e diâmetro do caule aos 7, 14 e 21 DAS. Para a análise dos dados utilizou-se o programa estatístico Sisvar, com Analise de Variância e comparação de médias pelo teste de Tukey, a 5% de probabilidade. A semeadura a 0 cm de profundidade não foi satisfatória em nenhum dos quesitos avaliados, entretanto a semeadura a 1,0 cm de profundidade se destacou das demais nas avaliações de altura de plântula e diâmetro de caule, sendo, portanto, a mais indicada para a produção de mudas de pepino em bandejas de 128 células.


Palavras-chave


Germinação; Semeadura; Plântula; Bandeja de polietileno; Diâmetro

Texto completo:

PDF

Referências


CARVALHO, A. D. F.; AMARO, G. B.; LOPES J.F.; VILELA, N.J.; MICHEREFF FILHO, M.; ANDRADE R. A cultura do pepino. Brasília: Distrito Federal (Circular técnica), 2013. Disponível em: . Acesso em: 29 mai. 2019.

DIAS FILHO, M. B. Germination and emergence of Stachytarpheta cayennensis and Ipomoea asarifolia. Planta Daninha, v. 14, n. 2, p. 118-126, 1996. Disponível em: . Acesso em: 03 jun. 2019.

GHORBANI, R.; SEEL, W.; LEIFERT, C. Effects of environmental factors on germination and emergence of Amaranthus retroflexus. Weed Sci., v. 47, n. 5, p. 505-510, 1999. Disponível em: . Acesso em: 05 jun. 2019.

JELLER, H.; PEREZ, S. C. J. G. A. Efeito da salinidade e semeadura em diferentes profundidades na viabilidade e no vigor de Copaifera langsdorffii Desf. – Caesalpiniaceae. Revista Brasileira de Sementes, Pelotas, v. 19, n. 2, p. 218-224. 1997. Disponível em: . Acesso em: 30 mai. 2019.

MICHEREFF FILHO, M.; MOURA, A. P.; GUIMARÃES J. A.; REYES C. P.; CARVALHO A. D. F.; AMARO G, B.; LOPES J. F.; LIZ R. S. Recomendações técnicas para o controle de pragas do pepino. Embrapa Hortaliças-Circular Técnica (INFOTECA-E), 2012. Disponível em: . Acesso em: 03 jun. 2019.

SILVA, R. P.; CORÁ, J. E.; FURLANI, C. E. A.; LOPES, A. Efeito da profundidade de semeadura e de rodas compactadoras submetidas a cargas verticais na temperatura e no teor de água do solo durante a germinação de sementes de milho. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v.32, n.3, p.929-937, 2008. Disponível em: . Acesso em: 02 jun. 2019.

TILLMANN, M. A. A.; PIANA, Z.; CAVARIANI, C.; MINAMI, K. Efeito da profundidade de semeadura na emergência de plântulas de tomate (Lycopersicon esculentum Mill.). Scientia Agricola, v. 51, n. 2, p. 260-263, 1994. Disponível em: . Acesso em: 01 jun. 2019.

VIEIRA, M. T.; SALLES, J. S. S.; SOUZA, L. G. P.; ALVES, V. C. D.; FERREIRA, L. M. Formação de Mudas de Pepineiro em Diferentes Profundidades de Semeadura. Cadernos de Agroecologia, v. 13, n. 2, p. 8-8, 2018. Disponível em: . Acesso em: 04 jun. 2019.




DOI: https://doi.org/10.12957/sustinere.2019.45748

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


   Resultado de imagem para blogger icon   

 

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

ISSN 2359-0424

IBI Factor: 2.2

 

A Revista SUSTINERE está indexada/cadastrada em: