AVALIAÇÃO DE IMPACTO AMBIENTAL EM UMA MATA CILIAR NA CIDADE DE MAN

Carlos André Sousa Almeida, Cristhiane Carla Brandão Burlamaqui, Franklin Silva de Araujo, Jaime José Galisa de Lucena Júnior, Josimar Ribeiro de Almeida

Resumo


Com o crescente aumento da população urbana nos grandes centros, os problemas ambientais ocasionados por essa situação são cada vez mais comuns e com conseqüências mais graves. A cidade de Manaus também vem sofrendo com os problemas apresentados pela falta de preservação de suas matas ciliares, que vêm sendo alteradas e modificadas pela ação antrópica. Contudo, este trabalho tem como objetivo principal, estudar os impactos ambientais ocorridos em uma mata ciliar existente na zona urbana dessa cidade, em virtude da construção de um empreendimento de propriedade particular, bem como a valoração econômica decorrente de tais impactos. A elaboração foi feita em três etapas, sendo a primeira a identificação da área através de imagens de localização da área de preservação permanente, levantamento topográfico e manuseio de relatórios técnicos; a segunda foi o levantamento bibliográfico para sustentar as discussões provenientes dos levantamentos executados e dos resultados adquiridos, referentes à valoração de compensação ambiental (VECA) executada na área afetada; e a terceira parte foi a elaboração e aplicação do projeto de recuperação de área degradas (PRAD) para repor as perdas identificadas e promover a regeneração dessa área. Através das ferramentas empregadas, se pôde chegar à conclusão que a ação antrópica exercida pelo empreendimento afetou de forma negativa a área abordada, como o aumento da taxa de sedimentação à montante, alteração da concentração de sólidos, aumento na turbidez, e o surgimento de voçorocas ao longo de grande parte do leito do igarapé, trazendo conseqüentemente prejuízos à fauna e à flora local. Com a utilização de ferramentas matemáticas, pôde-se realizar o cálculo de valoração econômica de compensação ambiental, que indica um valor teórico que corresponde aos custos para compensar o que foi degradado na área. Em função da situação apresentada, elaborou-se o Plano de recuperação da área degradada, a fim de mitigar os efeitos negativos sofridos, onde as ações tomadas se mostraram bastante eficientes, em função dos resultados obtidos a médio e longo prazos na área impactada.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/ric.2011.3625

Direitos autorais


 

ISSN: 2316-7041 | Indexada em:

 

Licença Creative Commons

A Revista Internacional de Ciências está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.