CARTA PARA INFÂNCIA: DEVIR CRIANÇA EM DEVANEIOS POÉTICOS

Dulce Mari Silva Voss, Viviane Castro Camozzato, Semíramis Martins Corrêa

Resumo


Essa escrita apresenta maquinações do pensamento acerca de experiências vividas no Curso de Extensão “Infâncias: territórios de escutas e diálogos” que envolveu educadoras das escolas de Educação Infantil da cidade de Bagé (RS) em escritas de si sobre memórias de infâncias. Produção de memórias, não como retorno ao passado perdido, mas como ação criadora de afecções sensíveis que inventam devir criança em relações íntimas com as coisas, seres, tempos e lugares imaginados, lembrados, e que podem multiplicar potências transformadoras das nossas presenças no mundo num movimento de provocação a criação de docências outras.


Palavras-chave


Formação docente. Memórias. Devires criança.

Texto completo:

PDF

Referências


AQUINO, Julio G.; CORAZZA, Sandra Mara; ADÓ, Máximo Daniel L. Por alguma poética na docência: a didática como criação. Educ. rev. [online], Belo Horizonte, vol. 34, EPUB: jan./2018. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-46982018000100108&lng=pt&tlng=pt> Acesso em: 17 set. 2020.

BACHELARD, Gaston. A poética do devaneio. Tradução de Antônio de Pádua Danesi. São Paulo: Martins Fontes, 1988.

DELEUZE, Gilles. Diferença e repetição. Tradução de Luiz Orlandi e Roberto Machado. São Paulo: Graal, 1988.

_____. Conversações. Tradução de Peter Pál Pelbart. São Paulo: Ed. 34, 1992.

DELEUZE, Gilles; GUATTARI, Félix. Mil Platôs: Capitalismo e esquizofrenia 2. Vol. 01. Tradução de Ana Lúcia de Oliveira, Aurélio Guerra Neto e Célia Pinto Costa. São Paulo: Editora 34, 2012a.

_____. Mil Platôs: Capitalismo e esquizofrenia 2. Vol. 04. Tradução de Suely Rolnik. São Paulo: Editora 34, 2012b.

DORNELLES, Leni Vieira. Sobre o devir-criança ou discursos sobre as infâncias. In: V Colóquio Internacional de Filosofia da Educação, 2010, Rio de Janeiro. Anais do V Colóquio Internacional de Filosofia da Educação, Universidade Estadual do Rio de Janeiro, 2010. Disponível em: https://www.ufrgs.br/gein/wp-content/uploads/2016/10/sobre-o-devir-crian%C3%A7a-ou-discursos-sobre-as-infancias.pdf>. Acesso em: 17 set. 2020.

FOUCAULT, Michel. As Palavras e as Coisas: Uma arqueologia das Ciências Humanas. Tradução de Salma Tannus Muchail. 8ª ed. São Paulo: Martins Fontes, 1999.

_____. A Hermenêutica do Sujeito. Tradução de Márcio Alves da Fonseca e Salma Tannus Muchail. São Paulo: Martins Fontes, 2004.

GALLO, Silvio Donizzeti de O. Deleuze e a Educação. Belo Horizonte: Autêntica, 2008.

KOHAN, Walter Omar. O. Da maioridade à minoridade: filosofia, experiência e afirmação da infância. In: KOHAN, Walter Omar. Infância. Entre Educação e Filosofia. Belo Horizonte: Autêntica, 2005, p. 237-254.

LARROSA, Jorge. Tremores: Escritos sobre experiência. Tradução de Cristina Antunes e João Wanderley Geraldi. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2017.

LOPONTE, Luciana Grupelli. Docência artista: arte, estética de si e subjetividades femininas. 2005. Tese (Doutorado em Educação). Faculdade de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Porto Alegre, 2005.

MARTINS, G. T. Kairós: valsar com a infância, na escola, através da experiência filosófica. Revista Teias, v. 19, n. 52, p. 137-149, jan./mar. 2018.

PIORSKI, Gandhy. Brinquedos do chão: a natureza, o imaginário e o brincar. São Paulo: Petrópolis, 2016.




DOI: https://doi.org/10.12957/riae.2021.54864

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


e-ISSN: 2359-6856

 


Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

 

 

Indexada em:


 

 

Realização: