VULNERABILIDADE SOCIAL E EXCLUSÃO DIGITAL EM TEMPOS DE PANDEMIA: UMA ANÁLISE DA DESIGUALDADE DE ACESSO À INTERNET NA PERIFERIA DE CURITIBA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.12957/riae.2020.51097

Palavras-chave:

Desigualdade social, Inclusão digital, Periferias, Covid-19

Resumo

O objetivo do presente artigo é contribuir para o mapeamento das diferentes situações indicativas de exclusão e vulnerabilidade social na cidade de Curitiba, com base numa análise comparativa sobre como se dá o acesso à Internet em bairros da região central e da periferia da cidade. Como se procura demonstrar, a suspensão das aulas presenciais, em razão da pandemia de Covid-19 e a adoção da educação a distância – que não contempla o alunado que vive em condição de vulnerabilidade social, em decorrência de fatores socioeconômicos e que, consequentemente, não possui acesso aos recursos tecnológicos necessários – tem revelado outro aspecto da seletividade social das medidas adotadas pelo município no enfrentamento da pandemia.

 

Biografia do Autor

Marcelo Nogueira de Souza, Universidade Federal do Paraná - UFPR

Doutor em Sociologia. Mestre em Políticas Educacionais e Bacharel em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Paraná. Pesquisador do grupo de pesquisa "Políticas sociais: análise comparada das experiências brasileiras", do "Programa de Desenvolvimento Urbano e Regional - Segunda Fase" (projeto de extensão) e do projeto "As metrópoles e o direito à cidade: conhecimento, inovação e ação para o desenvolvimento urbano", vinculado ao Observatório das Metrópoles - Núcleo Curitiba. Atua nas áreas de Sociologia, Políticas Públicas, Sociologia Urbana, Sociologia do Trabalho e Educação. Atualmente desenvolve pesquisas que versam sobre os temas: territorialidade, desenvolvimento e desigualdades. Pesquisador do Programa de Pós-graduação em Sociologia na UFPR, onde realiza estágio pós-doutoral pelo PNPD/Capes.

Lislaine Mara da Silva Guimarães, Universidade Federal do Paraná - UFPR

Bacharel e Licenciada em Ciências Sociais com Pós Graduação em Coordenação Pedagógica e Educação Especial Inclusiva com Ênfase na Deficiência Intelectual. Mestranda em Sociologia pela Universidade Federal do Paraná (PROFSOCIO). Professora de sociologia vinculada a Secretaria de Estado da Educação do Paraná.

Referências

ALBUQUERQUE, Al. A questão habitacional em Curitiba: o enigma da “cidade modelo”. Dissertação de mestrado. FAU-USP, São Paulo, 2007.

ANDRADE, Luciana Teixeira; SILVEIRA, Leonardo Souza. Efeito-território: explorações em torno de um conceito sociológico. Civitas, Porto Alegre, v. 13, n. 2, p. 381-402, 2013.

ARANTES, Pedro Fiori. Em busca do urbano: Marxistas e a cidade de São Paulo nos anos de 1970. Revista Novos Estudos. Cebrap. 2009.

CARVALHO, A. S.; SUGAI, M. I. . A produção da cidade segregada: o caso de Curitiba. In: II Simpósio de Estudos Urbanos: A dinâmica das cidades e a produção do espaço, 2013, Campo Mourão. II Simpósio de Estudos Urbanos: A dinâmica das cidades e a produção do espaço. Campo Mourão: FECILCAM, 2013.

CURITIBA. Diário Oficial Eletrônico. Atos do Município de Curitiba. Decreto nº 516, de 8 de abril de 2020, Decreta a suspensão das aulas em escolas, Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs), Centros Municipais de Atendimento Educacional Especializado (CMAEEs) e creches contratadas. 2020.

IPPUC. Consolidação de dados de oferta, demanda, sistema viário e zoneamento. Relatório 5. Pesquisa Origem-destino domiciliar. 2017.

KOSLINSKI, M.C.; ALVES, F. Novos olhares para as desigualdades de oportunidades educacionais: a segregação residencial e a relação favela-asfalto no contexto carioca. Educ.Soc., Campinas, v. 33, n. 120, p. 805-831, jul.-set. 2012.

LOJKINE, J. O Estado capitalista e a questão urbana. São Paulo: Martins Fontes, 1997.

NERI, Marcelo (coord.). Mapa da Inclusão Digital. Rio de Janeiro: FGV, CPS, 2018.

RIBEIRO; L.C. de Q.; RIBEIRO, M.G. (Org.). IBEU: índice de bem-estar urbano. 1ª. Ed. Rio de Janeiro: Letra Capital, 2013, 264 p. Disponível em: http://www.observatoriodasmetropoles.net/images/abook_file/ibeu_livro.pdf. Acesso em: out. 2019.

TIC DOMICÍLIOS 2018. Comitê Gestor da Internet no Brasil – CGI.br. Pesquisa Sobre o Uso das Tecnologias de Informação e Comunicação nos Domicílios Brasileiros – São Paulo: CGI.br, 2019. Disponível em: https://www.cetic.br/pesquisa/domicilios/ . Acesso em: 15 mai. 2020.

Downloads

Publicado

14-12-2020

Como Citar

DE SOUZA, Marcelo Nogueira; GUIMARÃES, Lislaine Mara da Silva. VULNERABILIDADE SOCIAL E EXCLUSÃO DIGITAL EM TEMPOS DE PANDEMIA: UMA ANÁLISE DA DESIGUALDADE DE ACESSO À INTERNET NA PERIFERIA DE CURITIBA. Revista Interinstitucional Artes de Educar, [S. l.], v. 6, n. 4, p. 279–296, 2020. DOI: 10.12957/riae.2020.51097. Disponível em: https://www.e-publicacoes.uerj.br/riae/article/view/51097. Acesso em: 14 abr. 2024.