TEATRO COM BEBÊS, MOVIMENTOS ENUNCIATIVOS E ESTÉTICOS

Luiz Miguel Pereira, Jader Janer Moreira Lopes

Resumo


O presente artigo é resultado de um dos encontros de pesquisa da tese de doutorado “Teatro com bebês, enunciações e vivências: Encontros da arte com a vida”, cujo objetivo está vinculado aos estudos da infância. As atividades foram esteticamente elaboradas a partir do conceito de montagem teatral, com cenário, adereços, figurino, iluminação e texto. Promovemos a possibilidade dos bebês se movimentarem, de se enunciarem enquanto atores das suas ações estéticas e ao mesmo tempo, serem espectadores dos outros bebês que dividiram a cena. Essa ambientação cênica favoreceu um meio em que as crianças, protagonizassem suas ações, principalmente através da brincadeira, dos processos de imitação e de reelaboração criadora, gestando uma presença irrepetível nos acontecimentos.

 


Palavras-chave


Estudos da Infância; Pesquisa com Bebês; Teatro com Bebês; Teoria Histórico-Cultural; Estudos bakhtinianos

Texto completo:

PDF

Referências


BAKHTIN, Mikhail. Estética da criação verbal. São Paulo. Martins Fontes, 2003

________. Para uma filosofia do ato responsável. Trad. Valdemir Miotello & Carlos Alberto Faraco. São Carlos: Pedro & João Editores, 2010.

BRECHT, Bertolt. Estudos Sobre o Teatro. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1978.

¬¬¬________. Teatro Dialético. Rio de Janeiro. Civilização brasileira. 1967

GASSNER, John. Mestres do Teatro I. Trad. e org. Alberto Guzik e J. Guinsburg.

São Paulo: Ed. Perspectiva, 1991. (Coleção Estudos)

GERALDI, Joao Wanderley. Heterocientificidade nos estudos linguísticos. In: Estudos de Gêneros do Discurso - GEGe-UFSCar. Palavras e contrapalavras: enfrentando questões da metodologia bakhtiniana. São Carlos: Pedro & João Editores, 2012, p 19 -39.

JEREBTSOV, Serguei. Gomel – a cidade de L.S.Vigotski. Pesquisas cientÍficas contemporâneas sobre instrução no âmbito da teoria histórico-cultural de L.S.Vigotski. In: VERESK – Cadernos Acadêmicos Internacionais. Brasília: UniCEUB, 2014.

KOHAN, Walter. O. Infância e Filosofia. In: SARMENTO, Manuel. e Gouveia, Maria Cristina. (Orgs.) Estudos da Infância, Educação e Práticas Sociais. Coleção Ciências Sociais e Educação. Petrópolis, RJ: Vozes, 2008, p. 40-61.

PEREIRA, Luiz Miguel. Teatro com bebês, enunciações e vivências: encontros da arte com a vida. Tese (Doutorado em Educação) Universidade Federal Fluminense. Niterói, 2018.

__________. Teatro com bebês, estreia de olhares. 2014. Dissertação (Mestrado em Educação) Universidade Federal Fluminense. Niterói. 2014.

PRESTES, Zoia R. Quando não é quase a mesma coisa: análise de traduções de Lev Semionovitch Vigotski no Brasil: Repercussões no campo educacional. 2010. Campinas, SP. Autores Associados, 2012. Coleção educação contemporânea.

VIGOTSKI, Lev. Semyonovich. Obras Escogidas. Tomo IV: Psicología Infantil.

Madri: Machado Libros, 2006.

__________. Imaginação e Criação na infância. Trad. Zoia Prestes. São Paulo: Ática, 2010.

_________. Quarta aula: a questão do meio na pedologia. Tradução de Márcia Pileggi Vinha. Psicologia USP, São Paulo. 2010.

__________. Psicologia da arte. Trad. Paulo Bezerra. São Paulo: Martins Fontes, 1999.

ZOURABICHVILI, François. O vocabulário de Deleuze. Tradução, André Telles. Centro interdisciplinar de estado em novas tecnologias de informação. Rio de Janeiro. 2004. Disponível em: http://escolanomade.org/wpcontent/downloads/deleuze-vocabulario-francois-zourabichvili.pdf. Acesso em: 12.out.2019.




DOI: https://doi.org/10.12957/riae.2020.45961

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


e-ISSN: 2359-6856

 


Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

 

 

Indexada em:


 

 

Realização: