OS ESPAÇOS DOS BEBÊS NA CRECHE: O QUE DIZEM OS DOCUMENTOS DO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

Giseli Alcassas Masson, Jarina Rodrigues Fernandes

Resumo


O objetivo do presente artigo é apresentar um levantamento sobre o que dizem os documentos oficiais brasileiros do Ministério da Educação (MEC), a respeito da temática dos espaços dos bebês na creche. Para tanto, foi realizada pesquisa documental no sítio oficial do MEC, a partir de aportes metodológicos da pesquisa bibliográfica e da análise de conteúdo. Como resultados, identificou-se que todos os nove documentos analisados fazem referência aos espaços para a educação infantil como um todo (de 0 a 5 anos) e cinco deles fazem referências especificamente aos espaços dos bebês (de 0 a 1 ano e meio). Estes resultados demonstram com relação à temática estudada, que a categoria bebê vem ganhando expressividade nos documentos que orientam a educação nacional.


Palavras-chave


Espaços; Bebês; Creche

Texto completo:

PDF

Referências


BARBOSA, M. C. S. As especificidades da ação pedagógica com os bebês. 2010. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/docman/dezembro-2010-pdf/7154-2-2-artigo-mec-acao-pedagogica-bebes-m-carmem/file. Acesso em: 31 Jul 2019.

BARBOSA, M. C. S; RICHTER, S. R.S. Desenvolvimento da criança de 0 a 3 anos: Qual o currículo para os bebês e crianças bem pequenas? Programa Salto para o Futuro: Educação de crianças em creches. Ano XIX, n° 15, out. 2009.

BARDIN, L. Análise de Conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2007.

BARROS, M. I. A. de. Desemparedamento da infância: a escola como lugar de encontro com a natureza. 2ed. Criança e Natureza. Instituto Alana: Rio de Janeiro, 2018.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília. Senado Federal, 1988.

. Lei 9394 de 20 de dezembro de 1996. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Brasília. Casa Civil, 1996

. Política Nacional de Educação Infantil: Pelo Direito das Crianças de 0 a 6 anos à educação. MEC.SEB. Brasília/DF:2006a.

. Parâmetros Nacionais de Qualidade para a Educação Infantil. Volume 1. Brasília. MEC. SEB, 2006b.

. Parâmetros Nacionais de Qualidade para a Educação Infantil. Volume 2. Brasília. MEC. SEB, 2006c.

. Parâmetros Básicos de Infraestrutura para Instituições de Educação Infantil. MEC.SEB. Brasília/DF:2006d.

. Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil. Brasília. MEC. SEB, 2009a.

. Critérios para um Atendimento em Creches que Respeite os Direitos Fundamentais das Crianças. Brasília: MEC. SEB, 2009b.

. Brinquedos e Brincadeiras de Creche – Manual de Orientação Pedagógica. MEC. SEB, 2012a.

. Educação Infantil: subsídios para a construção de uma sistemática de avaliação. Brasília: MEC. SEB. Grupo de Trabalho de Avaliação da Educação Infantil. 2012b. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=11990-educacao-infantil-sitematica-avaliacao-pdf&Itemid=30192. Acesso em: 16 Jun 2019.

. Base Nacional Comum Curricular. Educação Infantil. Brasília. MEC. SEB. 2018.

BROWN, D. O brincar, o pátio de recreio e a cultura da infância. In: MOYLES, J. R. A excelência do brincar. Porto Alegre: Artmed, 2006.

CAMPOS DE CARVALHO, M, I.; RUBIANO, M. R. B. Organização do Espaço em Instituições Pré-escolares. In: OLIVEIRA, Z. de M. R.de. Educação Infantil: muitos olhares. São Paulo: Cortez, 2010.

FARIA, A. L. G de. O espaço físico como um dos elementos fundamentais para uma pedagogia da educação infantil. In: FARIA, A. L. G. de; PALHARES, M. (Org.). Educação infantil pós LDB. Campinas: Autores Associados, 2000.

FOCHI, P. (Org). O brincar heurístico na creche: percursos pedagógicos no observatório da cultura infantil - OBECI. Porto Alegre: Paulo Fochi Estudos Pedagógicos, 2018.

GOBBATO, C. Os bebês estão por todos os espaços!: um estudo sobre a educação de bebês nos diferentes contextos de vida coletiva da educação infantil. Dissertação de Mestrado. Programa de Pós-Graduação em Educação. Universidade Federal do Rio Grande do Sul/RS: 2011. Disponível em: https://lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/29947/000778517.pdf?sequence=1&isAllowed=y. Acesso em: 30 Abr 2019.

HORN, M. da G. S. Sabores, cores, sons, aromas. A organização dos espaços na Educação Infantil. Porto Alegre: Artmed, 2004.

. O bebê e suas relações com o espaço. IN: CAIRUGA, R. R.; CASTRO, M. C. de (Orgs.). Bebês na escola: observação, sensibilidade e experiências essenciais. Porto Alegre: Mediação, 2015.

LIMA, J. M.; MOREIRA, T. A.; LIMA, M. R.C. de. A sociologia da infância e a educação infantil: outro olhar para as crianças e suas culturas. Revista Contrapontos - Eletrônica, Vol. 14, N. 1, Jan-Abr 2014.

LIMA, T. C.T. de; MIOTO, R. C. T. Procedimentos metodológicos na construção do conhecimento científico: a pesquisa bibliográfica. Revista Katálisis, v.10, Número especial, Florianópolis, p. 37-45, 2007. Disponível em: . Acesso em 05 Out 2019.

RAMOS, T. K.G. A criança em interação social no berçário da creche e suas interfaces com a organização do ambiente pedagógico. Tese de Doutorado. Universidade Federal de Pernambuco/CE, Pós-Graduação em Educação, 2010.

SALVADOR, A. D. Métodos e técnicas de pesquisa bibliográfica. Porto Alegre: Sulina, 1986.

SÁ-SILVA, J. R.; ALMEIDA, C. D. de; GUINDANI, J. F. Pesquisa documental: pistas teóricas e metodológicas. Revista Brasileira de História & Ciências Sociais. Rio Grande, ano I, número I, jul.2009. Disponível em: https://www.rbhcs.com/rbhcs/article/view/6. Acesso em: 10 out 2019.

SITTA, K. F. Possibilidades de mediação dos espaços nas brincadeiras e aprendizagem das crianças na educação infantil. Dissertação de Mestrado. Universidade Federal de São Carlos, 2008.

SOARES, G. R; FLORES, M. L. R. “Desemparedar” na educação infantil: o que dizem a literatura e os documentos curriculares nacionais sobre o uso das áreas externas. ALBUQUERQUE, S. S. de; FELIPE, J.; CORSO, L. V. (Orgs). Para pensar a Educação infantil em tempos de retrocessos: lutamos pela educação infantil. Porto Alegre: Evangraf, 2017, p. 100-115.

TIRIBA, L. Educar e cuidar: buscando a teoria para compreender discursos e práticas. In: KRAMER, Sônia (Org.). Profissionais de Educação Infantil: gestão e formação. Rio de Janeiro: Ática, 2005.

TONUCCI, F. Quando as crianças dizem: agora chega! Porto Alegre: ArtMed, 2005




DOI: https://doi.org/10.12957/riae.2020.45958

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


e-ISSN: 2359-6856

 


Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

 

 

Indexada em:


 

 

Realização: