CORPOS DE TERRA E DE ÁGUA: POR UMA IDENTIDADE TERRENA NO AMBIENTE ESCOLAR

Katia Bizzo Schaefer

Resumo


Este artigo traz a reflexão sobre relações entre seres humanos e natureza, com alguns apontamentos sobre brincadeiras com terra e com água no espaço escolar. O primeiro é a desmistificação da relação do contato da água e da terra com danos causados à saúde e à sustentabilidade do planeta. O segundo aponta a identidade terrena em relação ao brincar livre com terra e água na construção do Eu. Por fim, há considerações sobre o brincar livre com terra e água no contexto escolar. Este ensaio reafirma a importância de cuidar do corpo, como primeiro habitat, com o sentimento de pertencimento a um habitat maior, em uma dimensão planetária, reafirmando a importância do contato direto com a terra e a água como forma de potencializar os seres humanos em sua integralidade. 


Palavras-chave


Educação Infantil; Natureza; Corpo; Terra; Água.

Texto completo:

PDF

Referências


AGENDA 21. Comissão da Carta da Terra. Carta da Terra. Haia: Rio-92, mar. 2000. Disponível em: . Acesso em: 10/10/19.

ARENDT, Hannah. A crise na educação. Trad. Mauro W. Barbosa de Almeida. In: ARENDT, Hannah. Entre o passado e o futuro. São Paulo: Perspectiva, 1972.

ARROYO, Miguel Gonzalez. A infância interroga a pedagogia. In: SARMENTO, Manuel; GOUVEIA, Maria Cristina Soares de (orgs.). Estudos da infância: educação e práticas sociais. Petrópolis, RJ: Vozes, 2008.

BOFF, Leonardo. Saber cuidar: ética do humano – compaixão pela terra. Petrópolis, RJ: Vozes, 1999.

BRASIL. Resolução nº 5 de 17 de dezembro de 2009. Fixa as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil. Resolução CNE/CEB 5/2009. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 18 dez. 2009. Seção 1, p. 18.

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular: educação é a base. Brasília, DF: MEC, 2018. Disponível em: . Acesso em 01/05/2019.

DESCARTES, René. Discurso dos métodos: meditações. Trad. Roberto Leal Ferreira. 2. ed. São Paulo: Martin Claret, 2008 (Coleção A obra-prima de cada autor; 45).

LAPIERRE, A.; AUCOUTURIER, B. A simbologia do movimento: Psicomotricidade e Educação. 3. ed. Curitiba: Filosofart, 2004.

LOUV, Richard. A última criança na natureza: resgatando nossas crianças do Transtorno do Déficit de Natureza. 1. ed. São Paulo: Aquariana, 2016.

MASTRASCUSA, Celso; FRANCH, Núria. Corpo em movimento, corpo em relação: Psicomotricidade Relacional no ambiente educativo. 1. ed. São Paulo: Evangraf, 2016.

MORIN, Edgar. Os sete saberes necessários à educação do futuro. Tradução de Catarina Eleonora F. da Silva e Jeanne Sawaya. Revisão técnica de Edgard de Assis Carvalho. São Paulo: Cortez; Brasília, DF: Unesco, 2004.

NIETZSCHE, Friedrich Wilhelm. Assim falou Zaratustra: um livro para todos e para ninguém. Trad. Mário da Silva. 19. ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2011.

OLIVEIRA, Junia. Alunos aprendem nas escolas a economizar água. Estado de Minas Gerais. 04. fev. 2015. Disponível em: . Acesso em 07/10/2019.

PIORSKI, Gandhy. Brinquedos do chão: a natureza, o imaginário e o brincar. São Paulo: Peirópolis, 2016.

PROFICE, Christiana. As crianças e natureza: reconectar é preciso. 1. ed. São Paulo: PandorgA, 2016.

ROSZAK, Theodore. Instituto Brasileiro de Ecopsicologia. Disponível em: . Visitado em 07/10/2019.

SBP, Sociedade Brasileira de Pediatria; ALANA, Instituto. Manual de orientação: benefícios da natureza no desenvolvimento de crianças e adolescentes. 2019. Disponível em:. Acesso em 09/10/2019.

SPINOZA, Benedictus de. Ética. Trad. De Tomaz Tadeu. 2. ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2011.

TIRIBA, Lea. Educação infantil como direito e alegria: em busca de pedagogias ecológicas, populares e libertárias. Rio de Janeiro/São Paulo: Paz e Terra, 2018.

WINNICOTT, D. W. O brincar & a realidade. Rio de Janeiro: Imago, 1975.

WWAP, World Water Assessment Programme.Relatório mundial das Nações Unidas sobre desenvolvimento dos recursos hídricos 2019: não deixar ninguém para trás, fatos e dados, 18. mar. 2019. Disponível em: . Visitado em 07/10/2019.




DOI: https://doi.org/10.12957/riae.2020.45880

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


e-ISSN: 2359-6856

 


Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

 

 

Indexada em:


 

 

Realização: