EDUCAÇÃO DO CORPO NO ENSINO FUNDAMENTAL: REFLEXÕES A PARTIR DO COTIDIANO DE UMA ESCOLA PÚBLICA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.12957/riae.2020.45009

Palavras-chave:

Educação do corpo, Gestualidade, Ensino Fundamental.

Resumo

Este artigo resulta de uma pesquisa qualitativa com objetivo de refletir sobre a educação do corpo nos espaços-tempos do cotidiano escolar. Por meio de uma pesquisa de campo em uma escola estadual da cidade de Campinas/SP, buscamos compreender como as crianças experimentam um minucioso processo de educação, que se faz também e fundamentalmente, no corpo e pelo corpo. Observarmos que a educação do corpo faz parte de um processo que sempre esteve presente na escola, com práticas que ensinam, sobretudo, a controlar as manifestações corporais e a gestualidade das crianças. Entretanto, trata-se de um processo amplo, no qual também identificamos que nas brechas do cotidiano há espaços em que o controle escapa e tanto professores como crianças vivem outras relações no contexto escolar.

Biografia do Autor

Danielle Angelo Bargas, Universidade Estadual de Campinas

Graduada em Pedagogia pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

Eliana Ayoub, Universidade Estadual de Campinas

Licenciada, Mestra e Doutora em Educação Física pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Atualmente é docente da Faculdade de Educação da Unicamp e coordenadora do Laboratório de Estudos sobre Arte, Corpo e Educação (Laborarte/FE/Unicamp).

Dolores Setuval Assaritti, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano – Campus Santa Inês

Licenciada em Educação Física e mestra em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), onde foi pesquisadora do Laboratório de Estudos sobre Arte, Corpo e Educação (Laborarte/FE/Unicamp). Atualmente é docente no Ensino Básico Técnico e Tecnológico (EBTT) do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano – Campus Santa Inês.

Juliana Scarazzatto, Universidade Estadual de Campinas

Licenciada em Educação Física pela Escola Superior de Educação Física de Jundiaí (ESEFJ), Mestra em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e doutoranda em Educação pela mesma instituição, onde é pesquisadora do Laboratório de Estudos sobre Arte, Corpo e Educação (Laborarte/FE/Unicamp) .

Marília Del Ponte de Assis, Universidade Estadual de Campinas e Faculdade Anhanguera de Sumaré

Licenciada em Educação Física pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUCCamp), Mestra em Educação Física pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e Doutora em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Atualmente é pesquisadora do Laboratório de Estudos sobre Arte, Corpo e Educação (Laborarte/FE/Unicamp) e docente dos cursos de Pedagogia e Educação Física da Faculdade Anhanguera de Sumaré (FSU).

Referências

ALBANO, A. A. A Arte como base epistemológica para uma Pedagogia da Infância. São Paulo: Caderno Temático de Formação 2 - Educação Infantil: construindo a Pedagogia da Infância no município de São Paulo, 2004.

ASSARITTI, D. S. A educação do corpo das crianças na escola em narrativas do cotidiano. 2015. 252 p. Dissertação (Mestrado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, São Paulo.

AYOUB, E. Reflexões sobre a educação física na educação infantil. Revista Paulista de Educação Física, São Paulo, supl.4, p.53-60, 2001.

BARBOSA, R. C. A disciplina e as táticas no universo escolar segundo Michel Foucault: a anatomia política do detalhe. Revista Espaço Acadêmico, Maringá, n.74, ano VII, julho/2007.

BRACHT, V. A constituição das teorias pedagógicas da educação física. Caderno Cedes 48: Corpo e Educação. Campinas, SP: Centro de Estudos Educação e Sociedade, 1999. p.69-88.

COLETIVO DE AUTORES. Metodologia do ensino de educação física. São Paulo, SP: Cortez, 1992.

CRUZ, A. C. J. et al. Corpo: sexualidade, gênero, raça e etnia. In: ABRAMOWICZ, A.; MORUZZI, A. B. (Orgs). O plural da infância: aportes da sociologia. São Carlos, SP: EdUFSCar, 2010.

FONTANA, R. A. C. O corpo também ensina: mediações da linguagem não verbal no trabalho docente. Revista Espaço Pedagógico, Passo Fundo, RS, v. 18, n. 1, p. 9-22, jan. /jun. 2011.

FONTANA, R. A. C.; CRUZ, M. N. Psicologia e trabalho pedagógico. São Paulo, SP: Atual, 1997.

FOUCAULT, M. Vigiar e punir: nascimento da prisão. 5. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 1987.

FOUCAULT, M. Microfísica do poder.Tradução de Roberto Machado. 30ª reimpressão. Rio de Janeiro, RJ: Graal, 2012.

FREIRE, P. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. Rio de Janeiro, RJ: Paz e Terra, 1997.

GINZBURG, C. Mitos, emblemas e sinais: morfologia e história. São Paulo, SP: Companhia das Letras, 1989.

GORNI, D. A. P.; MAIESKI, S.; MACHADO, V. R. B. F. Ensino Fundamental de nove anos: os desdobramentos de uma política educacional. Seção Temática: O Ensino Fundamental de nove anos. Revista de Educação PUC-Campinas, Campinas, SP, n. 17(1), p. 9-22, jan./jun., 2012.

GUEDES-PINTO, A. L.; FONTANA, R. A. C. Apontamentos teórico-metodológicos sobre a prática de ensino na formação inicial. Educação em revista, Belo Horizonte, MG, n. 44, p. 69-87, dez. 2006.

MOTA, M. R. A. O lugar das crianças de seis anos no ensino fundamental de nove anos. Revista de Educação PUC-Campinas, Campinas, SP, n. 17(1), p. 23-31, jan./jun., 2012.

PROBST, M.; KRAEMER, C. Sentado e quieto: o lugar do corpo na escola. Atos de Pesquisa em Educação, Blumenau, SC, v.7, n.2, p.507-519, mai./ago. 2012.

SOARES, C. L. Educação do corpo (verbete). In: GONZÁLEZ, F. J.; FENSTERSEIFER, P. E. (Orgs). Dicionário Crítico de Educação Física. 3. ed. Ijuí, RS: Unijuí, 2014.

SOARES, C. L.; ZARANKIN, A. Arquitetura e educação do corpo: notas indiciais. Revista Rua, Campinas, SP, n. 10. p. 23-35, mar. 2004.

SILVA, A. M.; DAMIANI, I. R. (Orgs.). Práticas corporais: gênese de um movimento investigativo em Educação Física. Florianópolis, SC: Nauemblu Ciência & Arte, 2005.

TURA, M. L. R. A observação do cotidiano escolar. In: ZAGO, N. et al. (Orgs). Itinerários de pesquisa: perspectivas qualitativas em Sociologia da Educação. Rio de Janeiro, RJ: DP&A, 2003.

Downloads

Publicado

31-01-2020

Como Citar

BARGAS, Danielle Angelo; AYOUB, Eliana; ASSARITTI, Dolores Setuval; SCARAZZATTO, Juliana; ASSIS, Marília Del Ponte de. EDUCAÇÃO DO CORPO NO ENSINO FUNDAMENTAL: REFLEXÕES A PARTIR DO COTIDIANO DE UMA ESCOLA PÚBLICA. Revista Interinstitucional Artes de Educar, [S. l.], v. 6, n. 1, p. 13–36, 2020. DOI: 10.12957/riae.2020.45009. Disponível em: https://www.e-publicacoes.uerj.br/riae/article/view/45009. Acesso em: 23 abr. 2024.