VALORIZAR O CONTEÚDO FILOSÓFICO DOS MITOS E DAS SABEDORIAS TRADICIONAIS PARA DECOLONIZAR A EDUCAÇÃO E A PESQUISA EM FILOSOFIA E CIÊNCIAS SOCIAIS

Jacques Gauthier

Resumo


 

Considerando a potência das noções de ancestralidade e comunidade na produção e transmissão do conhecimento nas culturas indígenas e afrodescendentes do Sul, o autor mostra que, contrariamente ao preconceito, existem problemas e conceitos filosóficos nas tradições ancestrais, ativos nas mitologias e particularmente presentes nas divindades. Ele examina sucessivamente cinco glifos toltecas e cinco orixás do candomblé, caracterizando a sua relevância como fontes energéticas e cognitivas para a pesquisa e educação, sugerindo algumas convergências epistemológicas com certas abordagens legitimadas pela academia, entre as quais se destaca a Sociopoética. Ele conclui com uma proposta curricular em termos de Fogo, Ar, Água e Terra, ou seja, baseada na ancestralidade dos elementais.


Palavras-chave


Filosofia da pesquisa;interculturalidade crítica;epistemologia do Sul.

Texto completo:

PDF

Referências


tem só uma citação, e referências bibliográficas.

BARROS, J.F.P de. A fogueira de Xangô, o orixá do fogo – uma introdução à música sacra afro-brasileira. Rio de Janeiro: UERJ-Intercom, 1999/Pallas, 2009.

DAMÁSIO, A. Spinoza avait raison: joie et tristesse, le cerveau des émotions. Paris: Odile Jacob, 2003.

DELEUZE, G. Spinoza et le problème de l´expression. Paris: Minuit, 1968.

DELEUZE, G.; GUATTARI, F. Mille plateaux. Paris: Minuit, 1980.

GAUTHIER, J. O oco do vento – metodologia da pesquisa sociopoética e estudos transculturais. Curitiba: CRV, 2012.

GLEASON, J. Oyá – um louvor à deusa africana. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1999.

HELL, B. Possession et chamanisme: les maîtres du désordre. Paris: Flammarion, 1999.

LACAN, J. Ecrits. Paris: Seuil, 1966.

MATURANA, H.; VERDEN-ZÖLLER, G. Amar e brincar: fundamentos esquecidos do humano. São Paulo: Palas Athena, 2004.

PERRIN, E. J. Les mystères de l´astrologie maya dévoilés. Aubagne: Quintessence, 2013.

PRANDI, R. Mitologia dos orixás. São Paulo: Companhia das Letras, 2001.

SANTOS, J.E. dos; DIDI, Mestre. Sangô. Salvador: Corrupio, 2016.

TRUNGPA, C. Folle sagesse. Paris: Seuil, 1993.




DOI: https://doi.org/10.12957/riae.2018.38646

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


e-ISSN: 2359-6856

 


Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

 

 

Indexada em:


 

 

Realização: