INTRODUÇÃO À FILOSOFIA A PARTIR DA HISTÓRIA E CULTURAS DOS POVOS INDÍGENAS

Renato Noguera

Resumo


O objetivo deste artigo é problematizar a abordagem da história e cultura indígena na disciplina de filosofia, salientando a carência de debates sobre a filosofia indígena no currículo básico de ensino, descontruindo mitos sobre a produção do conhecimento filosófico e descolonizando o currículo de filosofia. Abordando previamente as formações discursivas do pensamento colonizador eurocêntrico e sua sedimentação na América Latina, presentes nas literaturas luso-brasileiras desde o século XVI, em detrimento da Filosofia Ameríndia e Afro-Brasileira. Destaca-se aqui, a importância do reconhecimento da Filosofia Ameríndia, no que tange aos aspectos legais da LDB, o empoderamento e o protagonismo de autores indígenas para o Ensino de Filosofia, tendo em vista a Lei 11.645/2008, a partir de uma perspectiva alargada de filosofia.


Palavras-chave


Filosofia, História e Cultura Indígena

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/riae.2015.23786

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


e-ISSN: 2359-6856

 


Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

 

 

Indexada em:


 

 

Realização: