TECENDO HISTÓRIAS: LITERATURA E EXPRESSÃO NA EDUCAÇÃO INFANTIL.

Izabel Cristina Costa de Faria, Bianca De Fátima Fonseca Pantoja, Soraia de Almeida

Resumo


DOI: 10.12957/riae.2016.14329

 

O presente trabalho tem como objetivo abordar a importância e a influência da Literatura, entendida como Arte, na vida e na prática dos professores e das crianças na Educação Infantil. Pretendemos compartilhar algumas vivências do cotidiano da Educação Infantil, onde a Literatura foi o fio condutor capaz de ampliar o repertório cultural, artístico e lúdico tanto das crianças, quanto de nós educadoras, acreditamos que a literatura é a arte da palavra, da linguagem, do sentimento e da imaginação! Compartilhamos do pensamento de Corsino (2009), que defende o trabalho com artes deve ter um caráter de ampliação cultural, de forma que a ética e a estética sejam trabalhadas indissociavelmente. Percebemos em nossa prática cotidiana, que as diferentes formas de manifestações artísticas devem estar presentes no processo de formação de professores e na prática com as crianças na educação infantil, pois a educação estética afina a sensibilidade e facilita as interações positivas no ambiente escolar. Sendo assim, a presença da arte no processo de formação do indivíduo redimensiona a realidade e propõem novas possibilidades de olhar pra si e para o outro.


Palavras-chave


Literatura; Arte e Experiências.

Texto completo:

PDF

Referências


ABRAMOVICH, F. Literatura Infantil: gostosuras e bobices. 5ª ed. São Paulo: Scipione, Coleção Pensamento e Ação no Magistério, 1991.

CORSINO, Patrícia. (Org.). Educação Infantil: cotidiano e políticas. Campinas São Paulo. Autores Associados, 2012.

_______. Biblioteca infantil: um espaço em construção. In: Anais... Ibero American Fórum on Literacies. Braga: july. p. 19-22. 2009.

MEIRELES, Cecília. Problemas da literatura infantil. Summus. São Paulo. 1979.

OSTETTO, Luciana; LEITE, Maria Isabel. Arte, infância e formação de professores: autoria e transgressão– 7ª ed. – Campinas, SP: Papirus, 2012.

PARREIRAS, Ninfa. O brinquedo na literatura infantil: uma leitura psicanalítica. São Paulo: Biruta, 2008.

PIMENTEL, Maria L. Introdução a Literatura Infantil e Juvenil. São Paulo: Caversan Livros, 1991.

SNYDERS, George. Alunos Felizes: reflexão sobre a alegria na escola a partir de textos literários. Rio de janeiro: Paz e Terra, 1993.

SARAMAGO, José. A maior Flor do Mundo. São Paulo: Companhia das Letras, 2012.

VIGOTSKI, Lev. S. Imaginação e criação na infância: ensaio psicológico. São Paulo: Ática, 2009.




DOI: https://doi.org/10.12957/riae.2016.14329

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


e-ISSN: 2359-6856

 


Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

 

 

Indexada em:


 

 

Realização: