UM POUCO ALÉM DOS TERRITÓRIOS: O DIREITO FUNDAMENTAL DOS POVOS INDÍGENAS A UMA EDUCAÇÃO DIFERENCIADA

Paulo Fernando Soares Pereira, Joaquim Shiraishi Neto

Resumo


Este trabalho de pesquisa tem como objetivo analisar a existência de umdireito à educação diferenciada dos povos indígenas, sob a égide do ordenamentojurídico brasileiro. Discute-se, de forma inicial, a questão da dominaçãoatravés do sistema educacional, no qual uma educação com objetivosuniversalizantes pode sufocar os modos de vida e os saberes tradicionais dospovos indígenas. Em seguida, discute-se, no contexto da Constituição Federal de1988, aexistência de um direito à educação diferenciada desses povos, que lhes garantaa oportunidade de transmissão de seus conhecimentos e tradições através de umsistema de ensino que respeite o direito às suas diferenças culturais,questionando-se o discurso jurídico que monopoliza o debate dos direitos dospovos indígenas em torno da questão dos territórios. Para além desse direito,devemos considerar os direitos culturais, especificamente, a educação.

Palavras-chave


Povos indígenas; Novos direitos; Educação diferenciada.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/rfd.2017.15571

Indexada em:

Journals for Free

Endereço: Campus Maracanã, Pavilhão João Lyra Filho, 7º andar, Bloco F, sala 7123 Para atendimentos, agende um horário, através do e-mail: rfd.uerj@gmail.com  Telefones: (21) 2334-0507 e (21) 2334-2157. ISSN: 22363475.