A Criminologia Crítica no Brasil e os estudos críticos sobre branquidade / The Critical Criminology in Brazil and the critical studies of whiteness

Camila Cardoso de Mello Prando

Resumo


DOI: 10.1590/2179-8966/2017/25378 

Resumo

Neste ensaio exploro inicialmente os aspectos teórico-metodológicos a serem desenvolvidos para se estudar os efeitos da branquidade nos escritos da Criminologia Crítica no Brasil. Sustento que o tema racial é, enquanto efeito normativo da lógica branca, marcado pela análise do negro como o “outro racializado”, tomado como uma variável causal explicativa que essencializa a população negra, não identificando nela sujeitos políticos.

Palavras-chave: Criminologia Crítica; Relações Raciais; Branquidade.

Abstract

In this test I initially explore the theoretical and methodological aspects to be developed to study the effects of whiteness in the writings of Critical Criminology in Brazil. I suggest that the racial theme, while a normative effect of the white logic, is marked by the analysis of black as the "other racialized," taken as a variable explanatory causal that essentializes the black population and does not identify this population as political subjects.

Keywords: Critical Criminology; Race Relations; Whiteness.


Palavras-chave


Criminologia Crítica; Relações Raciais; Branquidade / Critical Criminology; Race Relations; Whiteness.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/dep.2018.25378 ';



Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Rua São Francisco Xavier, 524, S-E - Maracanã - Rio de Janeiro (RJ), Brasil - CEP: 20.550-013 - Email: 
direitoepraxis@gmail.com - ISSN: 2179-8966