Transformações da subjetividade no exercício do trabalho imaterial

Sonia Regina Vargas Mansano

Resumo


É perceptível que as relações de trabalho sofreram diferentes transformações nas últimas décadas, alterando a maneira como cada trabalhador implica-se com suas atividades. Uma dessas mudanças pode ser notada na crescente demanda por um conjunto de novas habilidades, mais centradas no conhecimento, na inventividade e nas relações sociais. Trata-se do chamado trabalho imaterial, cujo resultado não culmina na produção de bens palpáveis nem quantificáveis, mas na elaboração e na experimentação de saberes, afetos e relações sociais. Investigar quais as novas exigências subjetivas que essas transformações trazem para a vida do trabalhador, tanto no que se refere ao seu local de trabalho quanto na vida que acontece para além dele, é o objetivo deste estudo.

Palavras-chave


Trabalho imaterial; Subjetividade; Resistência

Texto completo:

PDF HTML


DOI: https://doi.org/10.12957/epp.2009.9120

Licença Creative Commons
A revista Estudos e Pesquisas em Psicologia esta licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Não Comercial 3.0 Não Adaptada.

 

Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Instituto de Psicologia
© Estudos e Pesquisas em Psicologia
Rua São Francisco Xavier, 524, bloco F, sala 10.005, 10° andar, CEP 20550-013, Rio de Janeiro-RJ, Brasil
Telefone: (21) 2334-0651

E-mail: revispsi@gmail.com