Pensando a fotografia na pesquisa qualitativa em psicologia

Joana Sanches Justo, Mário Sérgio Vasconcelos

Resumo


Considerando que a fotografia está cada vez mais presente na comunicação e no cotidiano, entendemos que cabe também explorar suas possibilidades como instrumento de pesquisa. Nesse sentido, fizemos um levantamento dos estudos em que se utiliza a fotografia na metodologia de investigação e analisamos o alcance e limitações de seu uso. O exame das poucas pesquisas que se valeram da fotografia demonstrou que o recurso fotográfico é ainda pouco explorado pela Psicologia como um recurso eliciador da subjetividade. Concluímos que explorar a utilização deste recurso pode ser bastante útil e contribuir significativamente para a investigação científica no campo da Psicologia.

Palavras-chave


Pesquisa qualitativa; Psicologia; Fotografia

Texto completo:

PDF HTML


DOI: https://doi.org/10.12957/epp.2009.9082

Licença Creative Commons
A revista Estudos e Pesquisas em Psicologia esta licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Não Comercial 3.0 Não Adaptada.

 

Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Instituto de Psicologia
© Estudos e Pesquisas em Psicologia
Rua São Francisco Xavier, 524, bloco F, sala 10.005, 10° andar, CEP 20550-013, Rio de Janeiro-RJ, Brasil
Telefone: (21) 2334-0651

E-mail: revispsi@gmail.com